Vice de Crespo se diz pressionada para renunciar, senão corre risco de ser cassada

Um vídeo publicado nesta manhã de quinta-feira (18), pela vice-prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PTB), revela o que seria um esquema de acordo envolvendo a Câmara de Vereadores para que seu pedido de Comissão Processante não seja aprovado pelos parlamentares. Assista abaixo

No vídeo de pouco mais de dois minutos de duração, a vice explica que corre um boato pela cidade, desde a noite desta última quarta-feira (17), “de que seu pedido de cassação não seria aprovado, caso ela renunciasse ao mandato”. Jaqueline, que é ex-delegada, rebate o assunto dizendo que não deixará seu cargo e “jamais fugiria de seu compromisso com a população”.

Questionada, a assessoria da Câmara informou que “não se posicionará sobre o assunto, uma vez que, como a própria vice-prefeita diz, são boatos e não fatos”.

“Não cometi nenhum ato ilegal ou ímprobo e tenho certeza que a Câmara Municipal, dentro de suas atribuições, respeitará evidentemente o princípio da legalidade, da moralidade e a soberania dos poderes constituídos”, discursa na gravação.

O pedido de abertura de cassação da vice foi feito por um munícipe, baseado na denúncia sobre a utilização de um funcionário do Saae, durante seu horário de serviço, para afazeres particulares dela. “Quero enfatizar que o pedido feito contra minha pessoa não tem propriedade baseado e fatos que estão sendo objeto de processo. Absolutamente reitero minha inocência, jamais cometi ato ímprobo”, dispara.

“Então, reitero que são boatos e a vice-prefeita jamais renunciaria para se ver livres de acusações infundadas e que visam tão somente desqualificar, desmoralizar a [minha] pessoa. Acusações estas provenientes de um procedimento retaliatório”.

17 Comentários

  1. Votar em alguém pelo sentimento alguém tem olhos azuis, ou que sempre desejou ser prefeito e nunca conseguiu, vamos dar uma chance, já deu e vejam o que deu !
    Todos os candidatos mentem… portanto atenção aos que mentem mais, não é mesmo Senhor prefeito

  2. Fernandinho cargo de confiança, o cara que mais tem indicados na prefeitura, nossa imagina o que vai virar isso? Sorocaba não merece!!

  3. Pau que bate em Chico tbm ter que bater em Francisco,essa senhora utilizou funcionarios nomeados a seus serviços particulares e pessoais,Tanto verdade é que ela e Diretor do SAAE ,ambos estão condenada em 1° instância
    Prefeito e Vicr deve ser cassados,e que a casa de Papel seja Derretida e Sorocaba possa entrar nos trilhos o mais urgente possíveis.

  4. Força Jaqueline! Se dependesse do povo vc estaria no comando desde a primeira cassação.

    Em 40 dias vc fez mais por nosso povo do que esse bandido fez até o momento.

    Que só foi roubar e zombar da nossa cara.

    Agora terá o que merece.

    #ForaCrespo

  5. Querida Vice Prefeita, estamos contigo! Demonstre a coragem que sempre teve de encarar cara feia e fazer a cidade ter esperança de novo!!
    Que Deus a ilumine!
    Deveria estar na prefeitura desde que começou essa operação!! E o lixo do prefake que vá ser Prefeito na cadeia!!

  6. Fernando Dini, NUNCA!! Outra porcaria!! Mais safado que o Crespo ainda!! Sois LIXOS!!

  7. O presidente da Câmara fernandinho lixo tira ela, mantem a bancada secretariado os comissinados e indicados do crespo.
    Continua desvio de verba publica, fernandinho ganha mais cargos comissinado e indicados amigos dele para sugar os cofres públicos e termina em pizza, Dra jaqueline nao deixe que isso aconteça, por nos povo sorocabano

  8. Não consigo entender até hoje, porque o povo colocou esse crespo como prefeito,
    Jaqueline tem que assumir urgente SOROCABA ESTÁ PERDENDO MUITO

  9. Hum, então a prefeitura cairia no colo de um político do MDB? Agora tô entendendo..não saia não Jackeline, vc merece essa prefeitura, até por toda humilhação que passou, estamos contigo!

  10. Esse Sr. é do MDB. É armação. Crespo deve estar por trás disso e outros políticos tb. Vc tem medo do quê? Mais uma vergonha para Sorocaba.
    Estão temendi porque ela é seria? Pensem bem Srs. Vereadores.

Comments are closed.