Atualizada às 19h30

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (25) negar pedido feito pela defesa de Luiz Inácio da Silva para soltar o ex-presidente. O caso envolve a condenação no caso do tríplex do Guarujá, um dos processos oriundos da Operação Lava Jato.

No habeas corpus, os advogados alegaram suposta imparcialidade do então juiz Sergio Moro para julgar o caso do tríplex do Guarujá e ilegalidades na decisão do ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também rejeitou o pedido de revisão da pena.

Lula está preso desde 7 de abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Em abril, a pena foi reduzida pelo STJ para oito anos e dez meses de prisão. (Agência Brasil)

1 Comentário

  1. Mais uma vergonha para curriculum do PT !
    E eu aqui rindo muito !!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Chupa, de novo, Petralhada !!!!

Comments are closed.