Arquivo

Cida Muniz

A Câmara de Sorocaba rejeitou, com um voto contrário do líder do governo no Legislativo, vereador Irineu Toledo (PRB), durante a sessão extraordinária, do plano de carreira do funcionalismo público municipal também denominado “Sistema de Evolução Profissional”.

A vereadora Iara Bernardi (PT) criticou veementemente o projeto, alegando que o Executivo nem ao menos conversou com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. Diante das críticas, o projeto foi rejeitado.

SAAE

Já o projeto do Executivo, que cria o regime de escala especial de trabalho para servidores operacionais do Saae (Serviço de Tratamento de Água e Esgoto) foi aprovado com emendas.

Segundo a Prefeitura, com base em estudos de uma equipe técnica, o projeto propõe escala de quatro dias de trabalho por dois dias de descanso, buscando manter as atividades nos domingos e feriados e garantindo aos servidores, por esse trabalho, descansos e verba compensatória.