Prefeitura investirá R$ 17 mi na adequação da jornada dos professores

Foto: Agência Sorocaba

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (SEDU), anunciou, nesta quinta-feira (3) à tarde, que irá investir cerca de 17 milhões de reais na adequação de jornada dos professores da rede municipal em 2019. A Lei Nº 11.848/2018 foi publicada no jornal do município no dia 26 de dezembro de 2018.

Com o investimento, o governo Crespo beneficiará 1.698 professores da rede municipal que atendem a Educação Infantil e Ensino Fundamental. A adequação é um ajuste na carga horária referente à Lei Federal Nº 11.738, de 16 de julho de 2008, que prevê que dois terços da jornada sejam aplicadas em atividades com os educandos e um terço seja realizada em Hora de Trabalho Pedagógico (HTP), período destinado aos professores para realizar planejamentos de aula e formações.

Os professores de Educação Infantil que atendem período parcial terão um aumento salarial de 19% com a adição de mais 30 horas mensais e os professores de Ensino Fundamental I terão um acréscimo salarial de 9% e 15 horas a mais na carga horária do mês trabalhado.

O secretário da Educação, André J. Gomes, explica que a adequação da jornada é uma medida muito favorável aos docentes. “Além de diversos professores obterem um aumento salarial, as horas exclusivas para planejar aula e participar de formações otimizarão ainda mais os trabalhos de qualidade dos nossos profissionais em sala de aula”, disse. “A administração do prefeito José Crespo teve uma excelente atitude, sobretudo porque a adequação é prevista em Lei Federal e estava há mais de 10 anos aguardando aplicação no município. Esta é mais uma ação importante dessa gestão para a Educação de Sorocaba”, completa o secretário.

Os professores da rede municipal de Sorocaba contam com um dos maiores salários do país. Atualmente, a remuneração hora/aula dos professores de Educação Infantil e PEB l é de R$23,38 e do professor de PEB ll é de R$23,47. Com a adequação, a Prefeitura de Sorocaba passa a valorizar ainda mais seus profissionais.

4 Comentários

  1. Terá um aumento na carga horária ???
    Isso mesmo?
    Que benefício é esse???
    Esse governo e uma grande piada.
    Não temos aumento salarial.
    Temos que pagar a funserv para filhos e cônjuge.
    Janeiro sem a cesta básica. .
    A prefeitura cheia de cupinchas.
    Oficinas do saber fechada.
    Sabe tudo se deteriorando com o tempo sem utilidade.
    Nosso dinheiro indo p ralo.
    Teremos mais dois anos de puros desmandos .
    Acordem….
    Não cometa o os mesmos erros na próxima eleição.

    • Esse prefeito lotou a prefeitura de puxa sacos e está gastando uma.verdadeira pequena fortuna em propaganda, repare que o jornal.cruzeiro do sul nao divulga mais noticias contrárias ao prefeito, só faz propagandas.. esperamos que o povo fique esperto e não reeleja este lixo, que se tivesse vergonha na cara, não se candidataria a reeleição..

  2. A quantidade de CPIs por suspeitas de corrupcao, comissionados trazidos para cargos públicos investigados por suspeitas de corrupção, dívida pública da cidade cada vez maior, terceirizacoes nebulosas, cabidao de emprego, uma festa com dinheiro público, pagando favores políticos pela falta de capacidade e competência de gestão, o modo.ditador de administração, como trabalhar a a vice prefeita ou colocando a comissionada de Brasília, contrário ao MP, comprovado pela Justiça a não necessidade, em outras palavras, rasgando dinheiro público, e por aí vai..

  3. Estranho como as notícias do atual governo so fala em “benefício” aos servidores de sorocaba, sobre cesta básica, quis sindicato não aceitou cartão, puxa que PREFEITO bonzinho esse, o melhor prefeito que sorocaba ja teve, CARA DE PAU, passa óleo de peroba na cara desse prefeito que so esta prejudicando os servidores e a cidade de sorocaba com essas tercerizadas, vamos ver o rombo nos cofres a hora que essa gestão sair, BENEFÍCIO até parece que ese doente vai beneficiar professores

Comments are closed.