Por Cida Muniz

O presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Rodrigo Manga (DEM), ocupou a tribuna do Legislativo como líder para fazer uma denúncia relativa aos números divulgados pela Secretaria da Igualdade e Assistência Social (Sias) de que diminuiu o número de pessoas em situação de rua em cerca de 45%.

Segundo a secretária da pasta, Cíntia de Almeida, em janeiro de 2017 havia cerca de 1.200 moradores em situação de rua em Sorocaba, sendo que atualmente há 653 indivíduos nesta situação. Manga contestou veementemente esses números.

Conforme Manga, somente no Centro de Sorocaba deve haver esse número de mais de 600 pessoas. O vereador Hudson Pessini (MDB), que é representante dos comerciantes, corroborou com a opinião do presidente da Casa, afirmando que a situação no Centro da cidade é péssima, incluindo a região da Rodoviária.

Manga lembrou que estão aumentando o número de mini cracolândias na cidade e a grande maioria dos moradores em situação de rua, também são usuários de drogas, principalmente o crack.

Já a vereadora Fernanda Garcia (PSOL) destacou que é preciso discutir a situação dos moradores em situação de rua, para isso ela está solicitando que seja agendada uma audiência pública para abordar a situação e buscar soluções.

O presidente da Casa afirmou que convidará a secretária Cíntia de Almeida para explicar esses números. Manga afirmou que esses números não conferem com o número de pessoas pedindo nas ruas, que hoje utilizam placas dizendo que vão usar o dinheiro para alimentar animais, antigamente utilizavam crianças para pedir. Manga afirmou que se a secretária não vier à Câmara ele vai fazer a convocação.

3 Comentários

  1. Manga não sabe de nada!!!
    Muito burro e incompetente!!!
    Pedir no semáforo com plaquinha não quer dizer que é morador de rua.

  2. Manga é um Burro!
    Não sabe de nada!!!
    Incompetente!!!
    Pedir com plaquinha no semáforo não quer dizer morador de rua.

  3. Ainda bem que não fui so eu que desconfiei que tem boi na linha nos nrs apresentados… E’ dar uma volta depois das 20 horas na região centra (incluíndo as redondezas da rodoviária e terminal SP) para ver que o nr deve ser maior do que apontado pela Prefeitura…

Comments are closed.