Luís Santos ‘defende’ Crespo de comissão ao pedir prazo para troca de testemunha

Foto: Câmara de Sorocaba

O pastor e vereador Luís Santos (PROS), integrante da Comissão Processante que investiga o prefeito José Crespo (DEM), pediu à CP para que “reconsidere” a substituição de uma das testemunhas de defesa do chefe do Executivo num prazo de dois dias.

No requerimento, datado em 1º de julho, Santos pede apreciação do pedido com urgência.

A troca de depoente refere-se ao vereador paulistano Milton Leite, que não compareceu para ser ouvido pelos parlamentares. Por conta de sua ausência em todas as convocações, a presidência decidiu cancelar seu depoimento. Houve, por parte da defesa do prefeito, um pedido de reconsideração para reagendar a oitiva ou a substituição de Leite, mas esta foi indeferida pelo presidente do CP, o vereador Silvano Júnior (PV).

No documento obtido pelo Ipa Online, Santos argumenta “a garantia do amplo direito de defesa do Denunciado [Crespo], nos termos estabelecidos na Constituição Federal”. Ainda, considera que a comissão não “pode impor à defesa o ônus de conduzir a testemunha para sua oitiva, vez que é a Comissão Processante que está investida dos poderes inerentes aos órgãos de investigação”.

O vereador, por fim, justifica que busca “evitar nulidade dos trabalhos” desenvolvidos pela CP.

10 Comentários

  1. vereador lUIS SANTOS, ele que o dele entedeu quanto vale o voto desse pastor, no momento qualquer doacao sera bem vinda, em nome de jesus, que seja acima de 6 digitos, gloria a deus.

  2. Ridículo ver que depois de todos os escândalos, roubos já comprovados e TD mais que estamos vendo nitidamente,ainda está essa putaria para ver se ele é inocente.aff que país primitivo e ignorante que eu sou obrigada a viver….

  3. Defende o palhaço e expõe funcionária do Sesc. Parabéns vereador. 2 pesos e 2 medidas?

  4. Esse Vereador é de bom coração,,,,Eita Homem Santo. Defende o prefeito sem nenhum interesse nem recompensa…..buscando sempre os dividendos da Justiça e Dizimar o incorreto. Não é um amor,,,,,

    • “a garantia do amplo direito de defesa do Denunciado [Crespo], nos termos estabelecidos na Constituição Federal”. Ainda, considera que a comissão não “pode impor à defesa o ônus de conduzir a testemunha para sua oitiva, vez que é a Comissão Processante que está investida dos poderes inerentes aos órgãos de investigação”.
      Senhor cidadão, a constituição garante o direito, portanto trata se de um representante do povo garantindo o direito do povo.

  5. Pessoas de bem de Sorocaba… mantenham estado de alerta.
    A tradicional pizza de nossa camara ja esta no forno…

  6. O Vereador \Pastor ,vive misturando as suas funções na Câmara ,perdoar os pecados é no templo, na assembléia é lugar para fazer cumprir as leis

Comments are closed.