Crespo determina que funcionários das UPHs mudem local de trabalho no dia 5

Foto: Secom

 

A Prefeitura de Sorocaba publicou na tarde desta quarta-feira (23) a instrução normativa que determina que a partir do próximo dia 5 de fevereiro os 228 funcionários das UPHs Zona Norte e Zona Oeste devem cumprir seu expediente em novos locais de trabalho, indicados pela Secretaria de Saúde. A medida é uma sequência do processo de terceirização das duas unidades, que terá início na mesma data, com a distribuição dos profissionais pelas UBSs, programa de Acamados e SAMU, Vigilância Sanitária, Zoonoses e Same.

Segundo a instrução normativa SES-SERH 01/2019, os funcionários são classificados pelo tempo de serviço e pela idade. Eles têm os dias 24 e 25 para contestar a classificação, publicada no Jornal Município de Sorocaba desta quarta-feira, e do dia 24 até o dia 28 para indicar os locais onde gostariam de trabalhar prioritariamente. A nova escala de trabalho será feita pela Secretaria de Saúde.

Segundo o documento, o servidor que não entregar o formulário ou não preencher todas as opções de local com sua ordem preferencial, não tendo sido atendido opções escolhidas, terá sua atribuição determinada pela Comissão Especial mediante saldo de locais remanescentes.

Ainda a instrução determina que fica estabelecido o período de até 30 de março de 2019 para adaptação do cumprimento de jornada diária de horário de trabalho no local atribuído pela acomodação, em caráter excepcional, para os servidores que possuem acúmulo de cargos em órgãos públicos, mediante documento de anuência das Chefias Imediata e Mediata por escrito e assinado por todos os envolvidos. Os servidores que não comprovarem compatibilidade de horários para fins de acúmulo junto à Prefeitura de Sorocaba, estarão sujeitos aos procedimentos legais cabíveis.

Nesta terça-feira (22), a Secretaria da Saúde (SES) organizou um encontro com todos os coordenadores das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com o objetivo de orientar e esclarecer todas as dúvidas sobre os processos que estão em andamento referente à gestão compartilhada na cidade. Os coordenadores serão responsáveis por receber os profissionais remanejados das Unidades Pré-Hospitalares Norte e Oeste.

Para o remanejamento desses profissionais, a SES organizará uma integração para ajudar na adaptação sobre o serviço da Rede de Atenção Básica de Saúde.