Câmara realiza sessão extraordinária com reajuste de servidores e cartão alimentação

Foto: Assessoria/Câmara de Sorocaba

Cida Muniz

A Câmara de Sorocaba vai realizar sessões extraordinárias na próxima terça-feira (8). A informação não foi confirmada oficialmente pela presidência, mas vazada por uma fonte do Legislativo sorocabano. Na pauta estarão pelo menos doze projetos, dos vinte e quatro enviados pelo Executivo.

Entre os projetos que serão apreciados nesta terça-feira estão o reajuste dos servidores públicos municipais e também a implantação do cartão alimentação dos servidores, que vai substituir a cesta básica e aumentará para R$ 200,00.

O prefeito Crespo já havia comentado sobre o cartão, dizendo que ele é melhor para os funcionários públicos, principalmente os que ganham menos, que agora passarão a escolher os produtos que querem, ao contrário da cesta básica que vem montada.

Dentre os projetos que podem entrar na pauta desta terça-feira, está o chamado “imposto do poste” que é uma contribuição cobrada das pessoas físicas e jurídicas, sendo o valor conforme o tamanho do imóvel. Esse projeto já provocou muita discussão anteriormente e foi rejeitado pela legislatura passada, quando enviando pelo então prefeito Antônio Carlos Pannunzio, inclusive, o então vereador José Antônio Caldini Crespo votou contra o projeto e agora optou por reenviá-lo, com algumas mudanças.

Outra sessão extraordinária deve ser marcada para antes do Carnaval, em março, lembrando que as sessões ordinárias começam no dia 5 de fevereiro, quando serão eleitas as comissões permanentes do Legislativo.

A pauta definitiva das sessões extraordinárias da próxima terça-feira será definida ainda hoje (3), juntamente com os membros da Mesa e o secretário de Relações Institucionais de Metropolitanas, Flávio Chaves. A nova Mesa Diretora, presidida pelo vereador Fernando Dini (DEM), foi convidada para tomar o café da tarde com o prefeito Crespo, às 16h30 na próxima segunda-feira (7).

Controle de acesso

Uma novidade que a nova Mesa Diretora implantará é o controle de acesso no local destinado à imprensa, que muitas vezes tem o seu trabalho impedido ou atrapalhado por munícipes mais exaltados. Esse controle irá restringir o local destinado à imprensa a apenas profissionais que atuam em veículos de comunicação.

Muitas vezes a imprensa é atingida por objetos, durante manifestações, que são jogados contra os vereadores, colocando em risco os profissionais, essa medida visa proteger jornalistas, cinegrafistas, fotógrafos, radialistas e outros profissionais, além dos próprios vereadores.

4 Comentários

  1. Seria produtivo convocar o proprietário da empresa que fornecia as cestas básicas , possivelmente ele saiba algo que nós , simples mortais, do andar térreo não saibamos .
    Acho melhor fornecer o cartão alimentação , mas será que é isso mesmo ?

    • Esse prefeito não faz nada de melhor pra ninguém, excetuando-se os seus apadrinhados, esse infeliz só fica maquinando, dia e noite, o que fazer para prejudicar servidores, e aumentar a arrecadação da cidade, multando motoristas, e criando novas taxas. Só pensa em $$$, o problema é que a população paga e não vê o retorno.

  2. Tudo que se vê desse péssimo prefeito é busca incansável para aumentar impostos, a qualquer custo!!
    Se o cidadão percebe que tem retorno dos impostos pagos, ninguém.reclama, mas pagar impostos para manter comissionado em Brasília e a festa de comissionados em Sorocaba?? Bancar custos com propaganda que custa milhões aos cofres da cidade?? Pagar viagens ao exterior e o prefeito não transmite o cargo porque despacha do exterior?? Tá de brincadeira?!! Engana quem?? Entre inúmeras outras mazelas!!! Pagar mais impostos para pagar isso aí, NÃO!!!

Comments are closed.