A assessora especial da Prefeitura de Sorocaba que atuará em Brasília (DF) é a bacharel em Direito, Isabela Maria Serafim Tiezzi, de 32 anos, sócia da empresa “Serafim Consultoria Legislativa”, que presta serviços combinados de escritório e apoio administrativo.

Isabela substitui Fernanda Mariano, exonerada pela prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) em setembro de 2017, quando assumiu o Palácio dos Tropeiros, após a cassação de José Crespo (DEM), pela Câmara Municipal.

Isabela é natural de Taquaritinga do Norte, em Pernambuco, e atuou como secretária parlamentar na Câmara dos Deputados, lotada no gabinete do deputado federal Laerte Bessa (PR/DF), sendo exonerada em maio de 2017. Ela é casada com o delegado da Polícia Civil e vice-presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Distrito Federal (Sindepo-DF), Benito Augusto Galiani Tiezzi.

Conforme Crespo, Isabela integrará a chamada “promotoria econômica do município”, que terá como coordenador o engenheiro Alceu Segamarchi Júnior (atual voluntário).

O democrata ressalta que Isabela “possui experiência vasta no trânsito entre os ministérios, captação de recursos e boa entrada junto ao Congresso Nacional”.

O prefeito diz que o trabalho da assessora especial será “facilitar e agilizar a captação de recursos, em complementação ao trabalho dos deputados e seus assessores”.

Crespo acrescenta, ainda, que “outro ponto importante é reforçar que o custo da assessora se torna compensatório quando comparado ao custo médio por viagem de secretários a Brasília”.

1 Comentário

  1. He,he Sorocaba! Deputados que tem direito de 5 a 25 assessores em media não poderiam deslocar uma para a função e olha que temos 3 federais por Sorocaba Pastor Jefferson,Missionário Olímpio e Padre Lippi.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here