Por Cristiane Carvalho

Um aposentado de 43 anos está sendo investigado por estupro de vulnerável, cometido contra a própria sobrinha dele, uma menina de oito anos. O caso ocorreu na tarde de quarta-feira (7) em Votorantim.

De acordo a Polícia Civil, os atos libidinosos ocorreram na casa da menina, no bairro Monte Alegre. O agressor foi surpreendido pela mãe da vítima. Ele estava com o órgão genital exposto e praticava sexo oral na criança.

Em depoimento, a mãe da menina contou que quando entrou na casa a menina estava dizendo “para tio, ‘não, tio, não’”. Quando viu a mãe, a criança saiu assustada, vestiu roupa e saiu correndo, enquanto o tio disfarçou e se fez de “desentendido”.

Revoltados, alguns moradores espancaram o agressor. Ele alegou que ser doente e, devido a isso, a mãe poderia fazer a denúncia que ele “não seria punido”.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Votorantim e será encaminhada à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

6 Comentários

  1. Que pena que não mataram….
    Quando for assim povo… bate até matar, não é pra machucar somente não !
    Espera o Bolsonaro liberar as armas… esses Vagabundos depravados vão virar penera !

  2. A sorte desse safado não encontra um cara que nem eu tava de baixo da terra essa hora malditos estupradores

Comments are closed.