Após cinco dias da queda do 4º andar, de um prédio em Sorocaba, a menina de oito anos passou por uma cirurgia de fêmur e tornozelo, nesta segunda-feira (11). A criança segue internada no Conjunto Hospitalar de Sorocaba. O estado de saúde dela é considerado estável.

De acordo com o advogado da família, Cassiano Moreira Cassiano, a menina já conversou várias vezes com o pai; “em uma das conversas, ela perguntou da madrasta”, comentou o advogado.

Ainda de acordo com o advogado, a menina já está se alimentando, porém, ainda não entraram na questão da queda. “Possivelmente, na próxima semana, ela receba alta”. Cassiano, não descarta a hipótese de um acidente.

A família continua abalada e não pretende dar entrevista.

Inquérito

O caso segue em investigação. A perícia encontrou digitais da menina, no parapeito da sacada. A prova vai colaborar com os indícios de que a queda tenha sido acidental. As informações são da Polícia Cívil.

Até o momento, cinco pessoas prestaram depoimento, incluindo a madrasta da menina, o pai, a mãe, o porteiro e o síndico do condomínio. Outros moradores devem prestar depoimento nos próximos dias.

Um inquérito policial por queda acidental e abandono de incapaz foi instaurado. O caso está sendo investigado pelo 2º Distrito Policial de Sorocaba.

O caso

A menina, de 8 anos, foi socorrida em estado grave após cair do 4º andar de um prédio, no bairro Parque Três Meninos, em Sorocaba. De acordo com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que realizou o resgate, o caso ocorreu durante a madrugada de quinta-feira (7).

A Polícia Militar informou ter sido acionada para atender a ocorrência por volta das 4h20, no Residencial Arco Iris.

Segundo a madrasta da vítima, ela teria saído para levar o marido, no caso o pai da criança, ao trabalho e, quando retornou, após 10 minutos, viu a criança já no chão, caída do lado de fora. A mulher disse que a própria menina teria cortado a tela de proteção e se jogado. Uma tesoura foi encontrada no sofá do apartamento.

O casal é inquilino no prédio e mora no local desde novembro do ano passado, de acordo com o síndico do condomínio, Roberto Morelli. O síndico também informou ter sido avisado na portaria que a menina havia caído.

2 Comentários

  1. acidente nada, eu só acho que ela si tacou do prédio porque não queria mas viver junto com a madrasta e fez isso pra chama atenção das autoridades pra pode voltar pro braços da mãe.
    Ela escolheu ficar com o pai e vai ver que a madrasta é uma bruxa pra menina.

  2. É um absurdo o sindico ir dar depoimento porque o mesmo não viu nada, quer mais se aparecer do que qualquer outra coisa e mais por ficar deixando a imprensa entrar dentro do condomínio tirando a privacidade dos moradores que não tem nada a ver com o acontecimento.
    Deixa a polícia investigar que já está de bom.

Comments are closed.