Homem é preso após atirar com ‘caneta revólver’

Alfredo Henrique, FOLHAPRESS

Um funcionário de lava-rápido foi preso, no final da tarde desta terça-feira (6), após ele admitir que havia dado um tiro, usando um revólver dissimulado em estrutura de caneta, dentro do local de trabalho em Descalvado (243 km de SP). A polícia foi chamada ao local após testemunhas ouvirem um tiro. A “caneta revólver” foi encontrada, escondida, dentro do carro de um amigo do homem preso.

Segundo a Polícia Militar, um estouro semelhante a um tiro de arma de fogo foi ouvido, no momento em que a corporação realizava uma patrulha pela rua Doutor Hugo Pereira de Abreu. Policiais entraram no comércio, onde abordaram um homem, identidade não informada, que autorizou a entrada dos PMs no local.

A princípio, nada foi encontrado pelos policiais. Porém, após pedirem para que o homem abrisse seu carro, um VW Golf, ele afirmou que dentro do veículo havia uma “caneta revólver”, calibre 22, pertencente a outro funcionário do lava-rápido – que também não teve a identidade informada.

O dono da arma confessou que atirou uma vez com a caneta, para testar seu funcionamento. O disparo atingiu uma árvore, que fica dentro do comércio. Por conta disso, o dono do revólver dissimulado foi preso por disparo de arma de fogo, além de porte ilegal de arma.