Crueldade: cachorro é morto a marretadas por homem; agressor foi detido pela PM

Foto: reprodução/Blog Sérgio Santos

Um cachorro foi brutalmente morto a marretadas nesta sexta-feira (25), na zona rural de Pilar do Sul. O agressor é um homem de 27 anos que foi detido pela Polícia Militar.

De acordo com a ocorrência, L.V.S contou as policiais que levou o cão até um terreno baldio, o amarrou e passou a atacá-lo com golpes de marreta. Ele alegou que o animal era agressivo com pessoas que passavam pela rua, porém testemunhas o contrariaram e relataram que o cão era dócil e brincalhão.

Foto: reprodução/Blog Sérgio Santos

O animal havia sido abandonado por uma família que mudou-se do bairro Turvo do Góes. Um rapaz de 18 anos, então, decidiu adotá-lo. À polícia, o cuidador informou não tê-lo encontrado após chegar do trabalho e que depois ficou sabendo que o agressor o tinha levado. Ele questionou o detido e então o mesmo confessou ter matado o cão.

O agressor foi conduzido à delegacia e autuado por maus tratos contra animal. Como a pena é inferior a dois anos, ele deve responder o processo em liberdade.

4 Comentários

  1. Quem abandonou o cão tem a responsabilidade também, quem bateu e quem se omitiu também. Animais ou humanos, não devem sofrer esse tipo de violência.

  2. PESSOAL ELE ESTA EM LIBERDADE !!!! JUSTIÇA NAO FUNCIONA !!!! PROCUREM ESSE CANALHA , VAI LEVAR GOLPES DE MARRETA , ATE FICAR IGUAL UM MONTRO , NAO E PRA MORRER , E PRA VIVER E PAGAR PELO QUE FEZ , CORTAR O SEXO DESSE VAGABUNDO PRA ELE DEIXAR DE SER !!!! MACHO !!!! , AS DUAS MAOS TAMBEM , O HOMEM QUE DEU UMA FACADA NO ANIMAL , MORREU COM CINQUENTA FACADAS . ASSIM E QUE TEM QUE SER .

Comments are closed.