Um casal suspeito de participar de um latrocínio (roubo seguido de morte), envolvendo um idoso de 82 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM), em Porto Feliz, na madrugada desta sexta-feira (7). Paschoal Guerreira Chagas foi espancado e morto, no final de maio.

A prisão aconteceu após denúncia anônima. O veículo do idoso foi encontrado na região central de Porto Feliz, na rua Princesa Isabel. Logo após a denúncia, o suspeito que estava com o veículo compareceu à delegacia com um advogado.

Em depoimento, contou aos policiais que estava na casa da vítima no dia do assassinado, mas não participou do crime. Ainda em depoimento, acusou a mãe e o padrasto pela morte do idoso. O homem foi liberado. Na sequência, policiais saíram em buscas do casal.

O padrasto foi preso na rua Antônio Sardinha e a mulher estava em um imóvel ocupado ilegalmente no Centro da cidade. Ambos foram detidos, levados para delegacia e seguem à disposição da Justiça. O caso segue em investigação.