O IPA Online apurou com exclusividade junto a vereadores municipais que deve ser aprovada, com maioria absoluta de votos, a abertura da Comissão Processante que pede a cassação do prefeito José Crespo (DEM) com base no relatório parcial da CPI do Falso Voluntariado, apresentado nesta quarta-feira (23). O pedido de comissão processante contra a vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) divide os vereadores e pode ser aprovado por pequena margem de votos. Já o pedido do MBL deverá ser recusado.

Assista a sessão por meio do Olho Vivo

Segundo o IPA Online apurou com exclusividade junto a vereadores nesta quarta-feira (24), pelo menos 17 vereadores já manifestaram a intenção de voto favorável para a abertura da Comissão Processante contra Crespo. O pedido com base na CPI do Falso Voluntariado é considerado pelos parlamentares como uma “solução tecnicamente definitiva”, ou seja, que não poderia ser derrubada por decisão judicial tanto no mérito como na forma.

O pedido contra a vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB), baseado nas investigações do Ministério Público sobre o uso de um funcionário do Saae para serviços pessoais, ainda gera duvida entre os parlamentares, pelo fato de ela não ser prefeita, ou seja, não poder, em tese, responder por crime de responsabilidade. O assunto deve gerar muita discussão na sessão.

O andamento do processo de investigação de crimes de corrupção dentro do governo do prefeito José Crespo (DEM), por parte da Polícia Civil, e seu possível envolvimento em crimes de responsabilidade, colocou a Câmara Municipal de Sorocaba no protagonismo deste processo. As denúncias feitas em depoimento pelo ex-secretário de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, há duas semanas, e o vazamento dos e-mails trocados entre o prefeito na semana passada, caíram como uma bomba entre os parlamentares.

De acordo com parlamentares ouvidos pelo IPA Online, existe o receio de que a Casa de Leis perca credibilidade se afastar Crespo novamente e ele for reconduzido ao cargo. Um vereador, que preferiu não ser identificado, da base de apoio do governo Crespo, afirmou que “o momento é grave, é certo que a situação do prefeito é insustentável, mas que a solução precisa ser tecnicamente definitiva”. “Não podemos errar de novo. A cidade não aguenta”, explicou.

O presidente do Legislativo, vereador Fernando Dini (MDB), reforçou a postura de prudência da Câmara Municipal, em entrevista ao vivo ao Jornal da Ipanema no dia 17. “Não quero em momento algum dar um passo maior que a perna. Temos uma responsabilidade muito grande. Tenho a cautela de envolver todos os colegas… para que a gente possa dar a resposta que todos querem, que é a participação efetiva do Legislativo nesses novos fatos”, afirmou.

“A Câmara não fará nenhum tipo de omissão, até porque não estamos em uma situação que envolva apenas o Legislativo e o Executivo. Existe hoje uma cidade que está constrangida com os últimos fatos. Existe hoje uma cidade constrangida pelo que vem sendo feito dia a dia. Não podemos ter nenhum tipo de esquecimento quanto ao entendimento à ampla defesa e ao contraditório, mas contra fatos não há argumentos. Enquanto tendo provas, não existem discussões. Temos que ter a prudência e o entendimento que a Câmara Municipal de Sorocaba não irá se omitir diante de fatos concretos. Você pode ter certeza e digo a todos que diante de fatos concretos a Câmara mostrará o tamanho e o compromisso com a sociedade”, destacou Dini.

9 Comentários

  1. Do lado direito da foto da para ver o Carlos Mendonça, (camisa roxa e terno preto) um dos citados no esquema da Tati e personagem que no inicio deste governo distribuiu coxinhas para os funcionários durante um protesto. Agora sumiu o sorriso do rosto, esta preocupado em perder seus R$ 18.000,00…

    • Esse é só mais um dos laranjas do Crespo, um jagunço burro que não entende merda nenhuma de política, mas como é um cachorro puxa saco ganhou essa boquinha só que devolve mais da metade para o patrão.

  2. “Você pode ter certeza e digo a todos que diante de fatos concretos a Câmara mostrará o tamanho e o compromisso com a sociedade”, destacou Dini…”

    Sr Presidente, toda a população honesta e “não hipócrita” da nossa Sorocaba espera, real e ansiosamente, ver o tamanho e o real compromisso do atual legislativo com a cidade.
    Não há motivo moral, legal ou político para “erros”.
    Foi muitíssimo bem lembrada a gravíssima situação de que “a cidade não aguenta mais”.

Comments are closed.