Encontrado: acusado de matar estudante no rio Sorocaba é preso na capital

Paulo César Manoel nas fotos divulgadas pela Polícia Militar nesta noite de quinta-feira, no momento em que foi capturado / Foto: PM/divulgação

Foi preso em São Paulo, capital, nesta noite de quinta-feira (30), Paulo César Manoel, de 40 anos, o principal suspeito de ter matado a estudante Rafaela de Campos, de 19 anos. O corpo da jovem foi encontrado às margens do Rio Sorocaba, na manhã de segunda (26). Em vídeo (assista abaixo) ele confessa ter encontrado com a jovem, mas não seu assassinato.

O criminoso foi preso durante patrulhamento de rotina da Polícia Militar (PM), na Vila Maria, em São Paulo. De acordo com informações da Polícia Civil, o criminoso foi abordado por volta das 18 horas, na rua Curuçá. Ao consultar o documento de identidade dele, os PMs constataram que ele estava foragido da Justiça, além de ser acusado pelo assassinato de Rafaela. Ele foi conduzido ao 72º Distrito Policial na capital.

Paulo César Manoel na foto divulgada pela Polícia Militar nesta noite de quinta-feira, no momento em que foi capturado / Foto: PM/divulgação

Após a realização dos procedimentos para formalização da prisão, Manoel deverá ser reconduzido até a Penitenciária II – “Dr. Antonio de Souza Netto”, em Aparecidinha. A transferência deve ocorrer ainda nesta manhã de sexta-feira (31).

A PM questionou em vídeo Manoel a respeito do crime ocorrido em Sorocaba, no qual o suspeito rende Rafaela em um ponto de ônibus em Sorocaba, a leva até um trecho próximo ao rio Sorocaba, já na altura da avenida Nogueira Padilha, e depois foge. Manoel confirma que está foragido da penitenciária e de que era procurado por homicídio (agora, latrocínio – roubo seguido de morte) no município. Ele confirma o encontro com ela, mas não confessa que a matou ou a afogou. Ainda, afirma à policial que o questiona que “só falará em juízo”.

Assista ao vídeo (feito e divulgado pela Polícia Militar – a autoria não é do portal)

O assassino e como ocorreu o crime

Paulo César Manoel é detento em regime semiaberto. Câmeras de segurança registraram o momento em que a jovem foi abordada e feita refém pelo criminoso. O criminoso abordou a vítima num ponto de ônibus, na rua Paula Santos, na região central, na noite de domingo (26).

Até então, o crime, que era investigado como homicídio, passou a ser considerado como latrocínio, pois os pertences de Rafaela não estavam com ela quando o corpo da vítima foi encontrado.

Imagens ainda mostram o criminoso caminhando e segurando a jovem pelo braço, na pista de caminhada da avenida Dom Aguirre, às margens do Rio Sorocaba. Toda a ação dura menos de meia hora. Logo após deixar a vítima à beira-rio, o agressor é visto pela ultima vez caminhando sozinho subindo pela rua do Terminal São Paulo.

Segundo o delegado Marcelo Carriel, longe da vista das câmeras, Rafaela teria tentado lutar contra seu agressor e neste momento, ao que tudo indica, ele teria esganado-a e a jogado desmaiada no rio. A jovem, apesar de estar desfalecida, ainda respirava e foi encontrada água em seu pulmão, por isso o laudo apresentado demonstrou que a causa da morte seria por afogamento.

Em câmera de monitoramento, Manoel é flagrado puxando Rafaela pelo braço até certo trecho do rio Sorocaba / Foto: divulgação/ Polícia Civil

Regime semiaberto e saidinha

Por “bom comportamento” na cadeia, o criminoso atualmente cumpria parte da pena por atentado violento ao pudor (estupro) em regime semiaberto. Além disso, havia recebido o benefício chamado de “saidinha de Dia das Mães”, na sexta-feira do dia 24 de maio, da Penitenciária “Dr. Antonio de Souza Netto”, em Aparecidinha. Ele deveria retornar à prisão na segunda (27). Mas antes disso, na mesma segunda, na pensão que ele se instalou para ficar fora da cadeia, ele cortou a tornozeleira eletrônica que o rastreia e fugiu. O dinheiro com que ele pagou a hospedagem foi paga de seu próprio bolso por meio do auxílio-detento.

Foto: Polícia Civil/divulgação

Em coletiva à imprensa, na tarde desta quinta-feira (30), Luciana Bachir, responsável pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) confirmou que Manoel tem passagens por furto, roubo e estupro. “São 25 anos de condenação, uma ficha policial extensa e foi beneficiado pela lei.”

Ainda de acordo com informações da polícia o criminoso foi identificado por meio de um conjunto de provas como: imagens de câmeras de segurança e trabalho de inteligência policial. Para o delegado Marcelo Carriel, da Delegacia Seccional de Sorocaba, o sistema Judiciário precisa mudar. “Elementos perigosos como este, não podem ser beneficiados”, finalizou.

A morte de Rafaela

O corpo de Rafaela foi encontrado no fim da tarde de segunda-feira (27), no rio Sorocaba. A jovem, moradora de Votorantim, desapareceu após sair de casa para prestar vestibular. Seu corpo foi encontrado por pedestres no rio Sorocaba, próximo à avenida Nogueira Padilha. Bombeiros resgataram o corpo.

Rafaela havia saído de casa no domingo (26), pela manhã, para prestar vestibular em uma faculdade localizada no Centro de Sorocaba e depois disso não deu mais notícias à família.

Rafaela de Campos, a vítima, estudante, havia ido fazer um vestibular no dia em que foi assassinada. Ela tinha 19 anos. Foto: reprodução/Facebook

A faculdade Esamc, em nota oficial, informa “que a jovem Rafaela de Campos prestou vestibular nesta instituição de ensino no último domingo, dia 26 de maio, tendo saído das instalações por volta das 18h25. Com muita tristeza, solidarizamo-nos com os familiares e amigos de Rafaela. Colocamo-nos à disposição para o fornecimento de todas as informações possíveis, que porventura colaborem com as investigações e solução do caso”.

Câmeras de segurança registraram a jovem caminhando por várias ruas do Centro por volta das 18h30. Segundo a Polícia Civil, o laudo demonstrou que a causa da morte de Rafaela seria afogamento.

A mãe da garota registrou boletim de ocorrência por desaparecimento no início da manhã de segunda-feira (27), relatando que a filha saiu de Votorantim para ir fazer a prova em Sorocaba no domingo, por volta das 11h30, e que não tem o costume de sair de casa sem retornar.

A princípio, explicou a delegada Luciane Bachir, havia a hipótese de Rafaela ter entrado em um carro de transporte por aplicativo, porém a informação foi totalmente descartada durante a investigação.

O corpo de Rafaela foi sepultado na última quarta-feira (29), no cemitério São João Batista, em Votorantim.

19 Comentários

  1. O cara é solto, sai com dinheiro no bolso fornecido pelo governo, que consequentemente somos nós que pagamos, mata uma jovem que tinha um futuro promissor, arrasa com uma mãe, Vó e toda família, esse cara não deveria ser preso, deveria era ser morto.Na próxima saidinha vai matar de novo. Nojo dessa política, nojo das leis desse país.

  2. Culpa dele nao Culpa de parlamentares como Maria do Rosario que defendem a soltura deste tipo de preso procure se informar melhor antes de disparar fake news

  3. Pessoas cobrando do atual governo a culpa desta lei que liberar a saida deste tipo preso cobrem a culpa disto de parlamentares como Maria do Rosario e do Pt que apoiam isso e travam as mudancas da Lei mas nao Ah e mais facil acusar o atual governo como se o governo pudesso atropelar o Congresso e mudar as Leis do dia P noite. Qta hipocrisia

  4. É irreparável o crime, porém que se mudem as leis a respeito de saidinhas… até quando teremos crimes tão
    horrendos possíveis de serem evitados……….

  5. Eu gostaria de saber para que serve as tornozeleiras eletrônicas? Pois o cara ficou 15 dias foragido e ninguém fez nada? Pq não foram atrás dele, esperaram matar a menina pra encontra lo? Estranho, quem teria a obrigação de deter ele? Gasta um dinheirão nessas tornozeleiras e ninguém fiscaliza? Estranho!

  6. Queria entender esse sistema de câmeras aqui em sorocaba, serve para fazer segurança da população ou é mesmo para multar…. uma vez q foi visto pelas câmeras de monitoramento ai me pergunto, porque não foi acionado a pm ou a Guarda Municipal para fazerem abordagem?!… essas câmeras elas giram 360* graus e tem uma aproximação bem eficaz

  7. ESPERO QUE AS LEIS RIDÍCULAS DO PT, NÃO O SOLTE PARA A SAIDINHA DA FESTA JUNINA ….. A LEI ANTI CRIME DO MORO, TAI, VE SE ESSE POVO VAGABUNDO( PTISTAS DOS INFERNOS ) QUEREM ASSINAR …

    • Culpa do Presidente da arminha esse fanfarrão que fez promessa na campanha que iria acabar com essas saidinhas desses vagabundos que cometeram crimes como esse verme cometeu.

      Presidente fanfarrão, ou seja só mudou as moscas e a sigla do partido, a merda continua a mesma

  8. O bandido tem liberdade e auxílio detento pra pagar a pensão onde estava hospedado, além de viver na cadeia sendo sustentado pelo estado com nosso dinheiro. Um pai de família às vezes não tem um leite para por a mesa e o estado da vida mansa a esses vagabundos

  9. chama o presidente da arminha que disse que ia acabar com as saidinhas e continua a msm palhaçada, ou seja, só mudou as moscas no poder… tudo farinha do msm saco….

    • Culpa dele nao Culpa de parlamentares como Maria do Rosario que defendem a soltura deste tipo de preso procure se informar melhor antes de disparar fake news

  10. Por “bom comportamento” na cadeia, o criminoso atualmente cumpria parte da pena por atentado violento ao pudor (estupro) em regime semiaberto.

    Não consigo nem achar adjetivos….como sou mãe de jovem se pudesse deixava todos eunucos!

    • Lá todos tem “Bom comportamento’, lá as leis funcionam, se eu olhar para a esposa de algum reeducando, sei exatamente o que vai acontecer comigo.

    • chama o presidente da arminha que disse que ia acabar com as saidinhas e continua a msm palhaçada, ou seja, só mudou as moscas no poder… tudo farinha do msm saco.

      • Vdd falou a vdd cadê o BOLSONARIOOOO que ia mudar as leis deixar um detento condenado a estupro sair …vai sempre sair e fazer a mesma coisa e isso q ele sabe fazer vagabundo ..lixoooo coloca pena de morte para estupro …esqueci que aqui e o lixo do Brasil q não existe essa tentativa de lei pena de morte !!!

  11. Cadê os familiares desse lixo? Pra dizerem que ele é inocente, que é um anjo… Tudo conivente com esse inseto…
    Cadê o sr. Ariel de Castro? Pra dizer que esse lixo é uma vítima da sociedade…
    Tem que meter uma bala na cabeça e mandar a conta pra família desse lixo.

  12. O que me choca é a “saidinha”, ser “beneficiado” pela lei e ainda ganhar dinheiro do estado. Sou a favor que preso cumpra sua sentença em regime integral fechado, sem mordomia, sem saidinha, sem visita intima, sem beneficio algum, são criminosos, não são vitimas.

  13. Tantas pessoas inocentes sendo mortas..e aqueles idiotas do poder deixando de lado a lei anticrimes do Moro.. até quando nós vamos ficar nas mãos desses poderosos

  14. Quando que esse povo vai apoiar as medidas anticrimes do Moro? passou da hora de acabar com essa criação de vagabundos que cresce dia a dia no país, graças a essa moleza da justiça, pois a polícia prende e no mesmo dia ou no dia seguinte a justiça solta, nas audiências de custódia, é necessário penas mais pesadas e nenhum benefício pra bandido, cadeia tem que ser de punição e não recreação, mas pior ainda vai ser a bobagem de privatizar os presídios, ainda mais com tantas facções existentes, o governo quer se eximir da responsabilidade e deixar nas mãos de “empresários” que podem ser até ligados a facções pois dinheiro eles tem de sobra, ta na hora de tirar o cu da cadeira e cobrar o governo e a justiça!!!!

Comments are closed.