Acusado de manter mulher em cárcere privado é morto em confronto com a PM

Foto: Polícia Militar/divulgação

Um homem de 34 anos morreu durante troca de tiros com a Polícia Militar, nesta manhã de segunda-feira (25). O caso ocorreu após a PM ter sido chamada para atender a uma ocorrência de mulher mantida em cárcere privado em Iperó.

Os policiais foram acionados pela mulher, de 37 anos, vítima do próprio companheiro, que disse ter sido mantida em cárcere privado por ele desde esse domingo (24). A todo momento, relatou ela, o autor a ameaçava de morte com uma arma de fogo. O companheiro é usuário de drogas e já havia sido preso.

Inclusive, a PM disse que a vítima está com o braço quebrado por conta de uma agressão do autor cometida há 15 dias.

Ao perceber que ele dormiu, a vítima conseguiu sair da residência. No local, Estrada Vicinal Antônio Antunes Filho, Vale das Graças, a equipe policial, juntamente com apoio, realizou vistoria no local, utilizando escudo balístico. Ao perceber a presença dos policiais, o criminoso apareceu na sala da residência e efetuou um disparo de arma de fogo. A PM revidou e uma troca de tiros foi iniciada. O agressor foi atingido, caiu e foi desarmado.
Nenhum policial se feriu durante a ação.

O SAMU foi acionado e encaminhou ainda com vida o homem ao Hospital Regional de Sorocaba, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Em poder do agressor estava um revólver calibre 38. Em seu quarto foi localizada ainda uma pistola calibre 635.

A ocorrência é apresentada na delegacia de Iperó nesta segunda.