Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

"Poderia ter queimado, seria a melhor coisa", diz coronel à Ipa FM sobre quadro quebrado em mostra

Foto: reprodução
Postado em: 21/11/2019

Compartilhe esta notícia:

 

O deputado coronel Tadeu (PSL) que quebrou um quadro integrante de uma exposição no Congresso sobre o Dia da Consciência Negra, concedeu entrevista ao Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, nesta manhã de quinta-feira (21). 


O quadro, arte do chargista Carlos Latuff, mostra um negro morto por policial. O coronel gravou um vídeo e postou em sua conta nas redes sociais. A gravação mostra ele criticando a arte, quebrando-a e jogando-a no chão. Questionado durante a entrevista se ele se arrepende do ato, ele respondeu: "arrependimento nenhum. Tô com a consciência tranquila. Estamos falando de 600 mil policiais no Brasil todo. Estou aqui para defendê-los. Não posso permitir que haja ataque para uma instituição que protege o Brasil". 


"Poderia ter queimado, seria a melhor coisa", esbravejou o parlamentar. "Quem não gosta de polícia, para mim, é bandido. A partir de hoje, qualquer exposição que tenha na Casa [Legislativa] que seja feito um filtro de imagens expostas para que não seja outra ofensa como essa".


"Eles falam que eu sou racista. A exposição é maravilhosa. Eu combato o racismo. Quantos policiais negros nós temos? Eu tive vários policiais na minha guarnição. Corríamos atrás de bandidos", alegou. "Meus melhores amigos são da raça negra. Negro é ser humano", completou. "Tem uma frase de Morgan Freeman, né? Que questiona por que tem que ter o dia da consciência negra. Tem dia da consciência branca? Tem que ter o dia da consciência humana".  

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cumbica enfrenta terceiro dia consecutivo de atrasos em São Paulo

Jaqueline decreta obrigatoriedade do uso de máscaras em Sorocaba

Vídeo mostra trio armado que assaltou farmácia na avenida São Paulo

Três Desafios da Nuvem para se preparar em 2019

Denúncia aponta sobrepreço de R$ 60 milhões em compras de SP; Saúde rescinde 2 contratos

Parte dos trabalhadores de saúde em Sorocaba anuncia greve a partir de 5ª