Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Paraquedista de 33 anos morre após manobra próxima ao solo em Boituva

Reprodução / Facebook
Postado em: 26/10/2020

Compartilhe esta notícia:

Folhapress

Um paraquedista morreu durante um salto individual na manhã deste domingo (25) em Boituva. De acordo com pessoas que pertenciam ao clube onde o homem saltou, ele teria feito uma manobra arriscada. Após a queda, o paraquedista foi socorrido, mas morreu no hospital.

Segundo testemunhas, Leandro Torelli, 33, era um paraquedista considerado "experiente" e tinha mais de mil saltos na carreira.

Apesar disso, pessoas do clube onde o paraquedista saltou informaram que ele teria feito uma manobra arriscada conhecida como "curva baixa", que seria uma mudança de direção próximo ao solo.

O Corpo de Bombeiros, responsável por atender a ocorrência, disse que os bombeiros foram acionados depois da queda do paraquedista e quando chegaram ao local encontraram a vítima "ao solo, com vida, apresentando múltiplas fraturas em membros inferiores".

Em seguida, Leandro foi atendido pela corporação e levado ao Hospital São Luiz, em Boituva, onde morreu três horas após dar entrada na unidade de saúde.

Um vídeo foi gravado durante a queda de Leandro, que também era instrutor, e mostra um avião no solo passando próximo à vítima, mas não houve colisão e, segundo a reportagem, a morte teria sido causada pela queda.

O corpo de Leandro foi velado em São Paulo, onde ele morava.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro se encontra com Russomano e sinaliza apoio a candidatos para prefeito

Novo protocolo para cloroquina gera divergência entre entidades

Na Flórida, Trump retoma comícios em desespero contra margem de Biden

Pré-candidato ao Executivo, Anselmo Neto diz: "povo não quer saber do prefeito, quer bom atendimento"

Jovem é presa ao tentar entregar maconha ao marido no CDP; droga estava em maço de cigarro

MP apela para tornar definitiva exclusão de vídeos de criança tocando artista nu