Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Obras do viaduto da J.J. Lacerda avançam; vigas são montadas no antigo Matadouro

Alexandre Lombardi / Agência Sorocaba
Postado em: 13/01/2020

Compartilhe esta notícia:

As obras de implantação efetiva do viaduto de ligação das avenidas Ipanema com a José Joaquim de Lacerda, uma das mais importantes obras viárias da cidade, estão sendo intensificadas. Orçadas em R$ 10 milhões, atualmente as obras se concentram na execução das fundações, assim como a montagem das armações das vigas pré-moldadas que comporão o viaduto. Viabilizada por meio de financiamento com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), a obra faz parte do corredor de transporte coletivo – BRT, do eixo Norte/Sul.

Do total de 30 vigas previstas para a obra, as armações de 25 já foram finalizadas. Elas estão sendo produzidas na área onde funcionava o prédio do antigo Matadouro Municipal, no Jardim Brasilândia. Nesta segunda-feira (13), a empresa recebeu os arcos das vigas pré-moldadas.

À medida em que forem ficando prontas, as vigas de concreto permanecerão armazenadas na área do antigo Matadouro, até que seja o momento de transportá-las até o canteiro de obras da JJ Lacerda, que deverá estar com os pilares de sustentação concluídos. De acordo com o secretário de Relações Institucionais e Metropolitanas (Serim), Flávio Chaves, cuja pasta é responsável pelo gerenciamento do contrato e acompanhamento das obras, as intervenções devem durar cerca de 10 meses. As ações no local tiveram início no dia 30 de outubro do ano passado e seguem dentro do cronograma previsto.

A implantação do viaduto, projetado para proporcionar a ligação direta entre as avenidas Ipanema e JJ Lacerda, deverá eliminar 60% do volume de veículos na interseção, que hoje é disciplinado por um grande número de semáforos. Com o viaduto pronto, muitos dos conjuntos semafóricos não serão mais necessários ali, proporcionando uma maior fluidez ao trânsito.

Com isso, a circulação entre o Centro e a região da Zona Norte será beneficiada, e as condições locais favoráveis para a implantação do “Corredor de BRT – Norte/Sul”. Atualmente, conforme já destacado, a referida interseção é considerada como ponto crítico, pois conta com as passagens dos cruzamentos em nível. Nos horários de pico é comum a formação de longas filas de veículos aguardando a abertura dos semáforos para que possam acessar seus destinos.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

VÍDEO – Documentos apreendidos pela polícia começam a chegar na Seccional

Ônibus capota e deixa ao menos 10 mortos e mais de 50 feridos em rodovia

Iara reclama de ataques na internet: “baixarias e ameaças”

Homem é preso por comercializar celulares roubados; sete aparelhos são apreendidos

Governo federal recorre de decisão que suspende seleção do Sisu

Polícia prende quatro envolvidos em tentativa de explosão a carro-forte