Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Motorista suspeito de provocar acidente que matou 4 carbonizados fugiu do local

Postado em: 14/07/2019

Compartilhe esta notícia:

O motorista que teria provocado o acidente de trânsito que matou quatro pessoas carbonizadas, entre elas duas crianças, fugiu do local sem prestar socorro. A tragédia ocorreu neste sábado (13), no final da tarde, no KM 49 na rodovia Raposo Tavares, trecho de São Roque.

A condutora sobrevivente do carro em que estavam as vítimas conseguiu informar à Polícia Rodoviária as características do motorista que teria provocado o acidente, que logo foi localizado pela equipe. Entretanto, assim que abordado, ele fugiu dos policiais.

Segundo consta no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Rodoviária na delegacia de São Roque, o veículo do motorista suspeito teria colidido na lateral do carro em que estavam as vítimas. A condutora perdeu o controle do carro, rodou na pista, se chocou e prendeu o veículo em uma carreta que estava à frente. Uma segunda carreta que seguia logo atrás não conseguiu frear a tempo e também bateu no carro. O veículo explodiu e ficou destruído.

A motorista conseguiu sair, mas com queimaduras. Outras quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças morreram carbonizadas. A condutora continua internada em estado grave um hospital de Cotia. O automóvel ficou completamente destruído.

Compareceram ao local para atendimento da ocorrência o Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária e ambulâncias da CCR Viaoeste, concessionária responsável pelo trecho.

O caso foi registrado na Polícia Civil e deve ser investigado.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem que teve testa tatuada após invadir pensão é condenado a 4 anos de prisão

Parque das Águas recebe foliões de patinhas no "Pet Folia"

Com mais de mil mortes em um dia, Brasil tem um óbito a cada 71 segundos

“Dia Mundial da Limpeza” terá mutirões em duas áreas públicas de Sorocaba

Vila João Romão terá trecho de rua interditado para obras do Saae

Homem que se masturbava enquanto seguia mulheres na rua é solto em audiência