Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Fórum de Mudanças Climáticas terá segunda edição para tratar da questão dos recursos hídricos na RMS

Agência Sorocaba
Postado em: 09/02/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema) e da Secretaria de Relações Institucionais e Metropolitanas (Serim), vai realizar no dia 18 de março, das 8h às 12h, o 2º Fórum Regional de Mudanças Climáticas – “Recursos Hídricos – Riscos e Vulnerabilidades na Região Metropolitana de Sorocaba” no Núcleo de Educação, Tecnologia e Cultura (ETC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) campus Sorocaba, localizado em Santa Rosália.

O encontro, realizado em parceria com a universidade, visa dar continuidade ao primeiro fórum, realizado em novembro do ano passado, e diagnosticar os riscos e vulnerabilidades das cidades da RMS no que se refere aos impactos sobre a água, além de identificar os gargalos e estreitar parcerias entre os municípios para a resolução de conflitos.

“Também queremos a partir deste segundo fórum definir uma agenda de ação conjunta dentro da RMS”, explica o secretário do Meio Ambiente, Maurício Tavares da Mota. Em janeiro deste ano, o titular da pasta foi a Tatuí para conversar com a prefeita da cidade, Maria José Vieira de Camargo, que é a atual presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba, para levar a proposta da institucionalização de uma Câmara Temática que tratará da Mudança Climática na RMS. A ideia foi aceita pela prefeita da cidade vizinha, que se comprometeu a levar para apreciação do conselho já na primeira reunião de 2020 do grupo.

A RMS é composta por 27 municípios, com uma população de quase dois milhões de habitantes. É a maior produtora de alimentos e a segunda em indústrias entre as regiões metropolitanas, gerando cerca de 4,25% do PIB do Estado. Seu crescimento econômico e demográfico vem se destacando o que, consequentemente, tem gerado grande pressão sobre seus recursos naturais e a qualidade de vida. A região possui importantes remanescentes de Mata Atlântica e de Cerrado, tornando a detentora de uma biodiversidade única, bem como, importantes recursos hídricos, como as bacias do Sorocaba e Médio Tietê, do Alto Paranapanema e do Ribeira.

O público-alvo do evento são secretários municipais das pastas relacionadas ao assunto (meio ambiente, planejamento, mobilidade, saneamento, desenvolvimento econômico e agricultura), universidades, indústrias, comércio, agropecuária, construtoras e sociedade civil organizada.

A programação está sendo definida e em breve será divulgada. De acordo com a Sema, as inscrições on-line serão abertas em março. As vagas serão limitadas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail sema@sorocaba.sp.gov.br. O Núcleo ETC da UFSCar está localizado na rua Maria Cinto de Biaggi, 130, em Santa Rosália, próximo ao hipermercado Extra.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Crespo decide cancelar Fala Bairro que seria realizado neste sábado na Zona Oeste

CPI do Falso Voluntariado tenta, pela 3ª vez, ouvir o marido de Taty Pólis nesta 3ª

Barragem rompe durante temporal e causa estragos em comércio, casas e carros em Piedade

Liminar negada: Crespo sofre nova derrota na Justiça em mais uma tentativa de retomar mandato

Taiwan tem primeiros casamentos gays da Ásia

Bolsonaro defende retomada gradual das atividades no Brasil