Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ação nos cemitérios recolhe mais de 1,5 tonelada de criadouros do mosquito Aedes aegypti

Postado em: 06/11/2019

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), por meio da Divisão de Zoonoses, encerrou nesta terça-feira (5) a força-tarefa, pós-finados, para eliminar os focos da dengue nos seis cemitérios da cidade. A ação removeu 1.690kg de criadouros do mosquito Aedes aegypti.

De acordo com a SES, os trabalhos iniciaram na manhã da última segunda-feira (4), atuando de uma vez só nos cemitérios Saudade; Aparecida; Consolação; Santo Antônio, Memorial Park e Pax. A força-tarefa teve o apoio da Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo).

Durante a ação foram removidos pratos de vasos de plantas; vasos com água; papel celofane e outros mais resistentes, e quaisquer recipientes que acumulassem água. A retirada dos criadouros visa combater a proliferação do mosquito na cidade e, consequentemente, da transmissão de doenças como dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana.

Sorocaba registrou até o momento 1.062 casos de dengue. Também foram confirmados 87 casos de chikungunya. Sorocaba não tem casos de zika e apenas uma confirmação importada de febre amarela.

A Secretaria de Saúde informa que denúncias de criadouros do Aedes aegypti devem ser feitas por meio do canal 156 ou pelo site da Prefeitura: http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/#/Home/Solicitacao ou ainda em uma das Casas do Cidadão.

Também é possível registrar a ocorrência pelo WhatsApp da Ouvidoria Geral do Município pelo número (15) 99129-2426, das 8h às 17h. Em seguida, uma equipe técnica vai ao local e faz a inspeção da área para tomar as devidas providências.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Transição começa nesta semana com viagem de Bolsonaro a Brasília

‘O aluno me falou que ia merendar; logo depois, estava morto’, diz professor

‘Intenção era ser preso’, diz responsável por quebrar equipamentos em hospital

Em 12 estados, eleição de governador foi decidida no primeiro turno

Advogado de homem espancado entrará na Justiça contra participantes de linchamento

Após reunião com Lula, advogado pede soltura imediata de líder petista à Justiça Federal