Jadson tem boa atuação, Corinthians goleia e vence a primeira em 2018

FOLHAPRESS

Com uma boa atuação do meio-campista Jadson, principalmente no primeiro tempo, o Corinthians envolveu e venceu o São Caetano por 4 a 0, neste domingo (21), no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

O camisa 10, que havia perdido um pênalti na derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, na quarta-feira (17), comandou o meio de campo corintiano. Ele jogou um pouco mais recuado e com liberdade pelo lado esquerdo deu sobrevida ao esquema 4-1-4-1, adotado por Fábio Carille para a temporada.

A nova formação ainda não havia vencido em 2018. Até então, somava duas derrotas (Rangers, pela Florida Cup, e Ponte Preta, pelo Estadual), além de um empate (PSV, pelo torneio dos EUA).

Tanto é que antes de a bola rolar, o técnico corintiano afirmando que a nova formação ainda estava sendo testada. “Estamos buscando se vamos continuar com o 4-1-4-1 ou se voltamos para o 4-2-3-1. É mais ou menos essa base”.

Com 20 minutos de jogo, porém, ele desfez de qualquer dúvida. A equipe criou três grandes chances de gol. Na primeira, Rodriguinho recebeu de Clayson na entrada da área e chutou em cima da marcação. No rebote, o jogador bateu novamente e exigiu boa defesa de Helton Leite.

Cinco minutos depois, o estreante Juninho Capixaba, um dos destaques da equipe na partida, fez boa jogada. A bola ficou com Rodriguinho, que tocou para Kazim ajeitar para Jadson bater colocado e abrir o placar.

Na sequência, o lateral esquerdo teve a chance de aumentar, mas parou no goleiro Helton Leite.]

Com o passar do tempo, o Corinthians diminuiu o ritmo e valorizou a posse de bola.
Na etapa final, o São Caetano voltou melhor e assustou o time alvinegro. A equipe do ABC até chegou ao gol de empate com Dominguez, mas o árbitro marcou impedimento.

Na sequência da jogada, Clayson foi lançado e cruzou para Júnior Dutra, que havia acabado de entrar na vaga de Kazim, aproveitar o vacilo da defesa adversária para aumentar.

Com o jogo sob controle, Carille tirou Rodriguinho e colocou Camacho. Assim, voltou ao esquema 4-2-3-1, utilizado na temporada passada. O time manteve o ritmo e ainda marcou mais dois gols.

Aos 29, Jadson enfiou para Júnior Dutra, que não alcançou. No entanto, a bola passou por Helton Leite e entrou. Antes de terminar a partida, Clayson cruzou, Dutra desviou para Camacho, que rolou para Romero bater forte e fechar o placar.

SÃO CAETANO
Helton Leite; Pedro Costa, Domingues, Sandoval, Bruno Recife; Esley (Vinícius Kiss), Régis, Marino, Chiquinho (Paulinho); Niltinho (Marlon), Carlão. T.: Luiz Carlos Martins

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena, Juninho Capixaba; Gabriel (Maycon), Rodriguinho (Camacho), Jadson, Clayson, Romero; Kazim (Júnior Dutra). T.: Fábio Carille

Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Público: 8.030 presentes (7.348 pagantes)
Renda: R$ 238.230,00
Juiz: Flavio Rodrigues de Souza
Cartões Amarelos: Chiquinho (São Caetano); Gabriel (Corinthians)
Gols: Jadson aos 16min do primeiro tempo; Júnior Dutra aos 20, Jadson aos 29 e Romero aos 41min do segundo tempo