Diego Souza marca, e São Paulo vence a 1ª no Paulista

FOLHAPRESS

Com um gol marcado pelo meia-atacante Diego Souza, um dos três reforços contratados para a temporada, o São Paulo venceu o Mirassol por 2 a 0, nesta quarta-feira (24), fora de casa, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

O gol marcado pelo jogador, que custou R$ 10 milhões aos cofres do clube, foi o primeiro da equipe tricolor na competição e só saiu aos 39 minutos da etapa complementar -o segundo foi feito por Marcos Guilherme, aos 44 minutos. Antes, o time havia perdido para o São Bento por 2 a 0, na quarta-feira (17), e empatado com o Novorizontino por 0 a 0, no sábado (20), no Morumbi.

Com a vitória, a primeira na competição, o time dirigido por Dorival Júnior assumiu a liderança do Grupo B, com quatro pontos -um a mais que a Ponte Preta, vice-líder, que entra em campo na quinta-feira (25), quando enfrenta o Santos.

O triunfo também garante um alívio pelo menos que momentâneo. O clube volta a campo no sábado (27), às 17h, quando enfrenta o Corinthians, no Pacaembu.

Diante do Mirassol, o São Paulo alterou o seu planejamento inicial e escalou a equipe considerada titular. As novidades foram o zagueiro Anderson Martins, que fez a sua estreia e jogou ao lado de Rodrigo Caio, e Diego Souza, que substituiu Lucas Fernandes. Ele atuou mais avançado. Já o jovem Brenner, que vinha jogando na posição, foi deslocado para o lado esquerdo.

O clube, no entanto, não contou com o peruano Cueva, que pediu para não ser relacionado para a partida.
A equipe mostrou evolução e criou muitas oportunidades de gol ao contrário do que aconteceu nas duas primeiras partidas, quando teve no máximo duas ou três chances. O time, porém, pecou nas finalizações. O próprio Diego Souza, Shaylon e Caíque desperdiçaram excelentes oportunidades.

De tanto insistir, o São Paulo abriu o placar com Diego Souza, aos 39 minutos. A jogada contou com os jogadores revelados nas categorias de base do próprio clube. Paulinho tocou para Éder Militão, que avançou e cruzou para o camisa nove bater forte.
Cinco minutos depois, Marcos Guilherme puxou contra-ataque e rolou para Lucas Fernandes, que cruzou para o atacante ampliar.

Antes dos gols, Dorival Júnior foi criticado pela torcida após tirar o meio-campista Petros, que vinha sendo um dos melhores jogadores em campo. Ele foi substituído por Lucas Fernandes.
O treinador ainda colocou Paulinho no lugar de Shaylon e Caíque na vaga de Brenner.

MIRASSOL
Fernando Leal; Bruno Oliveira, Jesiel, Edson Silva, Willian Simões; Wellington Reis, Paulinho, Xuxa (Léo Baiano); Rodolfo, Dalberto (André Luis), Alison (Zé Roberto). T.: Moisés Egert

SÃO PAULO
Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Anderson Martins, Edimar (Reinaldo); Jucilei, Petros (Lucas Fernandes), Shaylon (Paulinho); Marcos Guilherme, Brenner (Caique), Diego Souza. T.: Dorival Júnior

Estádio: José Maria Maia, em Mirassol (SP)
Juiz: Vinicius Furlan
Cartões amarelos: Dalberto, Bruno Oliveira e Zé Roberto (Mirassol); Anderson Martins, Petros e Rodrigo Caio (São Paulo)
Gols: Diego Souza, aos 40, e Marcos Guilherme, aos 44min do segundo tempo (São Paulo)