Trânsito no Centro de Sorocaba fica caótico com Greve da Educação

Foto: reprodução/SSPMS

Parte da região central de Sorocaba está praticamente interditada para o tráfego de veículos, nesta manhã de quarta-feira (15), por causa da Greve Nacional contra corte verba na Educação, que ocupou vias de Sorocaba. Segundo organizadores, mais de dois mil manifestantes fazem passeata.

Por conta da situação, a Urbes está remanejando o transporte público e orientando o motorista a evitar algumas ruas para que o tráfego não seja totalmente prejudicado.

Os professores e estudantes de escolas de Sorocaba voltaram a ocupar, nesta manhã de quarta-feira (15), ruas e avenidas da cidade durante a Greve Nacional da Educação. Às 10h45, eles ocupavam a rua São Bento. Depois, desceram a XV de Novembro, seguiram até a rua Álvaro Soares e seguiam, às 11h47, para a rua Coronel Benedito Pires.

De acordo com a Urbes:

“Devido à manifestação popular, os motoristas que trafegam pelo centro de Sorocaba nesta manhã devem seguir as orientações dos agentes de trânsito e da Guarda Civil Municipal. O trabalho é para reduzir ao máximo os impactos no tráfego. Com relacao ao transporte público, os passageiros das 22 linhas de ônibus que trafegam pela região central também devem estar atentos para eventuais mudanças pontuais de itinerários ou atrasos. Os ônibus buscarão alterar o mínimo possível as suas rotas, mas não está descartada tal necessidade. Os agentes orientam a evitar a área central neste período.”

O itinerário de duas linhas estão alterados neste momento:

A LINHA 102 – Circular via Centro | Terminal Santo Antônio e a LINHA 103 – Centro Hospitalar | Terminal Santo Antônio sofrem mudanças no percurso neste momento.

No sentido Terminal São Paulo para o Terminal Santo Antônio, ambas as linhas seguem pela rua Leopoldo Machado – rua Cel. Cavalheiros – av. Dom Aguirre.

A L102, no sentido oposto (TSAxTSP) segue pela praça Frei Baraúna – rua São Bento – rua Santa Clara.

Os ônibus deixaram de passar pela praça Coronel Fajardo (Praça do Canhão) nesta manhã de quarta-feira, devido à manifestação popular. O percurso provisório é: rua Paula Souza, Praça Lions, av. Dom Aguirre e Terminal São Paulo. A mudança ocorre nas linhas 06, 07, 29, 30, 31, 32, 34, 37, 41, 43, 47, 49, 52, 53, 56, 72, 75 e 78.

Mais duas linhas têm alterações temporárias em seus itinerários a partir deste momento, devido à manifestação popular.

LINHA 65 – Campolim | Terminal Santo Antônio e LINHA 103 – Centro Hospitalar | Terminal Santo Antônio.

Os ônibus de ambas as linhas estão partindo do Terminal Santo Antônio, av. Afonso Vergueiro sentido Shopping Sorocaba, retorno na praça Edmundo Valle e rua Padre Luiz para retomarem o itinerário habitual.

Foto: reprodução/SSPMS
Praça Coronel Fernando Prestes às 9h15, durante Greve Nacional da Educação / Foto: Rubens Maximiano
Estudantes e professores ocupam a rua São Bento, no Centro de Sorocaba / Foto: Rubens Maximiano

 

11 Comentários

  1. “Dilma cortou 10 bilhões da Educação e doou 50 bilhões para países amigos (algumas ditaduras). Quem participou dessa última manifestação e não tinha conhecimento disso eu lamento, mas foram usados como massa de manobra pelo bando do “Lula livre.”” – Twitter Jair Messias Bolsonaro.

  2. Participantes do “Potresto”:

    – 50% está na manifestação somente para faltar nas aulas e pela baderna !
    – 50% não sabe nem quanto é 7×8 ou qual é a fórmula da água !

    Mas 100% deles, serviram de Massa de Manobra para o PT ! POBRES COITADOS !

  3. PROTESTO DA IGNORÂNCIA JUNTO COM A SAFADEZA E HIPOCRISIA ESQUERDOPATA SINDICAL.
    PORQUE NÃO PROTESTARAM QUANDO O PAÍS ESTAVA SENDO SAQUEADO E SIMULTANEAMENTE DINHEIRO NOSSO SENDO DISTRIBUIDO PARA DITADURAS COMUNISTAS.
    VÃO TE CATAR SEUS DESINFORMADOS TAPADOS MANIPULADOS DOUTRINADORES MARXISTAS QUE NÃO ADMITEM MAS SÃO !!!!!

    • Oh dó, deixa que o tio compra outro teclado pra vc, o seu tá quebrado o caps, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. porque nao fazem corte dos politicos salarios absurdos esse pais ta um circo so palhacada fazer corte na educacao vamo corta a merda dos salarios e beneficios dos politicos bando de ladrao corrupto vao corta verbas para poder cobrir o rombo que esses merdas ladroes corruptos fizeram e continuam fazendo … vao corta verba la no congresso quantos deputados tem la? quanto o salario total de cada contando com beneficio quer corta alguma coisa começe por la caralho .. brasil so o povo que toma no cu …

  5. Estudantes que não sabem o que estão fazendo neste protesto.
    Vou tentar explicar o que são estes “cortes”.
    Este corte na educação foi aplicado sobre gastos não obrigatórios, como água, luz, terceirizados, obras, equipamentos e realização de pesquisas. Despesas obrigatórias, como assistência estudantil e pagamento de salários e aposentadorias, não foram afetadas.
    No total, considerando todas as universidades, o corte é de R$ 1,7 bilhão, o que representa 24,84% dos gastos não obrigatórios (chamados de discricionários) e 3,43% do orçamento total das federais.
    De acordo com o MEC, a medida foi tomada porque a arrecadação de impostos está menor do que o previsto, e o dinheiro pode voltar às universidades caso ela suba. Esse bloqueio de verbas se chama “contingenciamento”, atinge todos os ministérios e já foi aplicado em outros anos.
    Ou seja, o Brasil precisa fazer estes cortes, será que estes estudantes não perceberam que o país esta em crise, devido aos governos interiores que também cortaram da educação e estes estudantes não fizeram nada contra.
    É isso que faz escolas com ideologias partidárias o pessoal não buscam conhecimento, não pesquisam são apenas doutrinados por partidos. A juventude brasileira precisa acordar, estudar de verdade, vejam na USP quantos médicos maconheiros e militantes vemos lá. A educação no país precisa mudar, focar no conhecimento e não na bagunça que é hoje em dia.

  6. Nos últimos 16 anos teve vários cortes na educação, na saúde e ninguém fez protesto nenhum. O país tá quebrado, devido ao governo anterior, ao partido mais corrupto do Brasil PT e afins PMDB, PSDB. Precisa ser feitos ajustes, cortes, precisamos da aprovação da reforma da previdência que o povo critica são contra mas não tiveram a coragem de ler e também precisamos da reforma tributária.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here