Sorocaba atinge meta de Vacinação Contra a Gripe, diz prefeitura

Foto: Divulgação/Secom

Às 17h da última quarta-feira (12) Sorocaba atingiu a meta de Vacinação Contra a Gripe. A cidade alcançou 90,13% da cobertura vacinal, número superior a do Estado de São Paulo (83,56%) e do Brasil (88,39%). Meta da campanha era de 90% pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a Secretaria da Saúde (SES), 192.576 doses foram aplicadas em Sorocaba através das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Entre os grupos prioritários da campanha, trabalhadores da área de saúde, adultos acima de 60 anos e professores, foram os que atingiram e superaram a meta de vacinação.

A secretária da Saúde, Kely Schettini, destaca o trabalho comprometido dos servidores da Saúde nas UBSs em atingir a meta definida pelo Ministério da Saúde. “Além de cumprimos nossa missão em alcançar os 90% de cobertura vacinal, vacinamos mais de 30 mil pessoas fora dos grupos prioritários, conforme orientação do ministério, desde o dia 3 de junho. Toda essa conquista prova o empenho de todos os profissionais de nossa secretaria”, explica.

A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza ocorreu em todo o território nacional de 10 de abril até 21 de maio, tendo sido destinada a grupos prioritários, vulneráveis a complicações após quadro de Influenza. A partir do dia 3 de junho, após orientações do Ministério da Saúde, as unidades de vacinação disponibilizaram as vacinas restantes para toda a população interessada em ser vacinada. As doses são limitadas ao quantitativo que o município recebe da Secretaria de Estado da Saúde. No dia 4 de maio, Sorocaba realizou o Dia de Mobilização Nacional, o “Dia D”, que teve todas as UBSs funcionando das 8h às 17h para vacinar quem não podia comparecer durante a semana.

Os endereços e horários de funcionamento das UBSs podem ser conferidos por meio do link: http://saude.sorocaba.sp.gov.br/ .

Números de vacinados por grupos
– Crianças entre 6 meses e 5 anos e 11 meses: 31.257 (72,84%)
– Trabalhadores de saúde: 16.306 (93,22%)
– Gestantes: 4.844 (72,29%)
– Puérperas: 963 (87,39%)
– Adultos com 60 anos ou mais: 66.948 (101,58%)
– Portadores de doenças crônicas: 24.075 (69,88%)
– Professores: 5.877 (123,36%)
– Outros grupos que não possuem meta: 5.959
– Pessoas não inseridas nos grupos de risco: 33.961