O Conselho Municipal de Educação de Sorocaba rejeitou por unanimidade, o ‘Projeto Planejamento 2018 para a Gestão Compartilhada na Educação Infantil’. Durante o encontro realizado, nesta quarta-feira (28), ficou definido que o órgão vai encaminhar a decisão ao Ministério Público (MP).

O novo modelo de gestão compartilhada foi anunciado em agosto, pelo secretário de Educação, André J. Gomes. Segundo Gomes, a justificativa da proposta, é que no ano que vem a cidade vai ganhar mais de 20 unidades e não há recursos humanos suficientes.

O conselho é deliberativo [órgão que monitora, normatiza e orienta a execução], sendo parte pessoas eleitas que vêm da comunidade, e a outra indicada pelo prefeito.

Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba informou que:“a Secretaria da Educação acabou de receber a decisão do Conselho Municipal de Educação e está analisando os procedimentos a serem adotados”.

Veja na íntegra a decisão do Conselho Municipal de Educação de Sorocaba:

Deliberação CMESO Nº 04-2018 Projeto Gestão Compartilhada SEDU

 

 

 

 

 

1 Comentário

  1. Meus sinceros e entusiasmados parabéns ao Conselho Municipal de Educação por sua posição firme, honesta, sensata e preocupada com o melhor PARA A POPULAÇÃO de Sorocaba, não se deixando levar pelo canto da sereia que vem do 6o andar do Paço.
    Espero agora que o Conselho Municipal de Saúde exija o que lhe foi subtraído de forma vil, que é o direito legal vigente de se posicionar sobre essa mesma espúria proposta, no campo da saúde .
    E também oro para que a população sorocabana tenha esse posicionamento de seus verdadeiros representantes como um estímulo para arrancar a venda que lhe foi colocada nos olhos com mentiras e manipulações de números e reputações dos profissionais da saúde.

Comments are closed.