Conselho da Educação de Sorocaba denuncia falta de estrutura para trabalhar

Conselheira fazendo anotações com seus pertences pessoais no colo

Atualizado às 17h40

O Conselho Municipal de Educação de Sorocaba denunciou, nesta quarta-feira (10), por meio das redes sociais, a falta de estrutura e condições para trabalhar em sua nova sede, o “Palácio da Cidadania”, local para onde foi transferido no último mês pelo governo municipal.

Segundo texto divulgado, o “Palácio” não possui mesa de reunião, nem internet, nem projetor, nem computador, nem armários, nem tampouco segurança. As cadeiras não têm condição de uso. O piso é irregular, sem sinalização e já provocou a queda de uma conselheira idosa. Ainda, a instalação elétrica seria improvisada.

Na postagem, há diversas fotos demonstrando a situação no local.

Os conselheiros alegam realizar as reuniões com seus pertences pessoais, processos, e computadores no colo ou no chão. O banheiro não tem privacidade. Não há devolutiva da municipalidade sobre a transferência do acervo documental de 25 anos do CMESO e de sua biblioteca, que não foram levados para o Palácio.

O Conselho afirma ainda não haver, no momento, nenhum funcionário(a) no local para atendimento telefônico, nem recebimento de ofícios em nome do CMESO. Também não há respostas aos ofícios do CMESO. O CMESO informa que já denunciou a situação às autoridades competentes, e que continuará executando normalmente todas as suas funções enquanto persistir a atual situação.

O CMESO foi um dos denunciantes ao Ministério Público sobre a questão do apostilamento do Sesi na rede municipal de ensino. Um dos motivos para a denúncia foi o fato de o governo do prefeito José Crespo não ter levado em consideração a deliberação feita pelo Conselho Municipal de Educação de Sorocaba, que rejeitou em unanimidade o apostilamento. O material custou R$ 8 milhões aos cofres públicos e já está sendo entregue nas escolas.

Por meio de nota, aPrefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cidadania e Participação Popular, informa que “o Palácio da Cidadania está passando por reforma para oferecer um espaço com mais conforto e estrutura adequada para as reuniões dos conselhos. Dentre as melhorias, podemos destacar a instalação de internet nas quatro salas e banheiros totalmente reformados, inclusive para uso de PCD. Novas cadeiras já foram adquiridas e serão colocadas nas salas após o término da reforma. Há também uma licitação em andamento para aquisição de mesas, armários e projetor.”

 

Banheiro sem privacidade
Situação do local de reuniões
Apreciação de documentos no colo
Improviso para uso de computador pessoal de Conselheira
Conselheiros com seus pertences pessoais no chão
Instalação elétrica improvisada

7 Comentários

  1. Para vermos até onde vai a baixeza dos Esquerdo Patas Comunistas que comandam esta cidade… Infelizmente a “Facção Criminosa” chamada Câmara de Vereadores de Sorocaba, formada por estelionatários, pedófilos, agressores sexuais e toda sorte da “escória” criminosa estão fazendo de tudo para “tomar a força” o que não conseguiram ganhar nas urnas…
    Lamentável a condição que esta “Quadrilha de Vereadores” deixa a nossa cidade, passando por cima de tudo e de todos, para alcançar o objeto de sua ganância: a Prefeitura de Sorocaba !
    Infelizmente, cada dia mais, quem perde é o Povo Sorocabano, que se vende a cada eleição, por um emprego, uma cesta básica ou material de construção…. e no final, perdemos todos….

    Digo a verdade, doa em quem doer. Sorocaba, cidade Sitiada…..

  2. Visualizei as redes sociais do Conselho e não encontrei o protocolo de envio do ofício. Ou piostou-se a denúncia antes! ?

  3. Agora dá uma passada nas UBSs e vejam que nelas a situação não é muito diferente.

    “Falta dinheiro” – diz a prefeitura, mas nós sabemos para onde ele foi.

  4. Quem tem que dar explicação é a Secretaria de Educação, e o prefeito. Eles são responsáveis pelos repasses às escolas municipais.
    O vereador tem que cobrar e fiscalizar.e

  5. Seria importante a manifestação de algum nobre vereador que luta pela educação explicar como uma escola recebe mensalmente uma verba menor que os edis gastam em seus gabinetes .
    este valor foi retirado nas contas de dezembro de um vereador Sorocabano
    128,96 384,68 117,22 528,24 total 1.159,10

    • Quem tem que explicar isso não é o vereador. Se ele ganha 10, 30 ou 1.000 em absoluto interessa nesse assunto !
      Quem tem deve explicações são a secretaria da educação E o prefeito inaugurador de muros !
      Não mude o foco , cidadão !
      Se você acha que os vereadores ganham indevidamente, COMO VOCÊ SEMPRE SUGERE, vá até a Câmara e DENUNCIE ! Mas não coloque isso como desculpa para essa barbaridade.
      Dito isso , o Conselho Municipal de Educação de Sorocaba “denunciar PELAS REDES SOCIAIS ” é quase tão grave quanto o fato em si !!! Denúncia se faz em Delegacia de Polícia e junto ao Ministério Público e/ou imprensa !!
      “Redes sociais” são usadas por mexeriqueiros que estão interessados mais em aparecer do que no real combate ao problema .

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here