Mulheres vítimas de maus tratos já têm acesso ao aplicativo Botão do Pânico. Qualquer uma que procurar a Justiça e pedir medida protetiva vai ser contatada para ter acesso ao dispositivo, que ajuda a restringir a aproximação dos agressores.

Por mês, são emitidas em Sorocaba cerca de 40 medidas protetivas a mulheres vítimas de violência doméstica.

O aplicativo está disponível tanto para o sistema Android, quanto para o IOS. Caso o agressor descumpra a decisão e tente se aproximar da vítima, o dispositivo será acionado e imediatamente um chamado de alerta será enviado ao COI (Centro de Operações e Inteligência) da Guarda Civil Municipal (GCM).

O programa informa a localização da vítima, fotos e informações sobre os envolvidos e começa a captar o áudio do ambiente.

A cerimônia contou com a presença do prefeito José Crespo (DEM), da vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB), de secretários municipais e de autoridades das mais diversas instituições, incluindo Ministério Público, Legislativo e Judiciário.