Após córrego virar ‘banheira de espuma’, fabricante de detergentes é autuada

Foto: Jornal Taperá/colaboração

Uma empresa fabricante de detergentes foi autuada pela Cetesb por descarte irregular de resíduos no córrego do Ajudante, afluente do rio Tietê, em Salto. Fotos e vídeos mostram o local tomado por espuma. Assista abaixo

Diversos munícipes reclamaram de mau cheiro. O fato chegou a ser uma espécie de ‘atração bizarra’ no município, com diversas pessoas fotografando e filmando o estado do córrego. Não houve registro de animais mortos por conta da espuma, e a mesma já foi dissipada.

A empresa responsável foi autuada pela Cetesb, mas ainda não há valor de multa. A espuma foi provocada por resíduos na fabricação de sabão em pó.

Vídeo cortesia do Jornal Taperá

Segundo nota da prefeitura, após ser acionada pela Secretaria do Meio Ambiente, devido ao grande volume de espuma, a Cetesb encaminhou um técnico, que junto com o secretário do Meio Ambiente e Defesa Civil, percorreram durante a tarde desta terça-feira (5) todos os trechos para identificar a fonte causadora da espuma.

Durante a vistoria, uma empresa fabricante de detergentes e sabão em pó foi autuada pela Cetesb pelo descarte que acabou gerando a grande quantidade de espuma ontem pela manhã.

Foto: Jornal Taperá/colaboração
Foto: Jornal Taperá/colaboração

1 Comentário

  1. A multa mais justa seria publicar o nome do detergente para os consumidores boicotarem o produto.

Comments are closed.