Última temporada garante a “Game of Thrones” liderança de indicações no Emmy

Divulgação

A oitava e última temporada de “Game of Thrones” emplacou 32 indicações ao Emmy 2019, premiação considerada como o Oscar da TV norte-americana. A produção é a líder de indicações do ano.

A série baseada na obra literária de George R.R. Martin também bateu um recorde histórico da premiação: nunca outra produção conseguiu tantas indicações por uma mesma temporada.

“Game of Thrones” está presente na principal categoria do prêmio, concorrendo como melhor série dramática ao lado de “Bodyguard”, “Better Call Saul”, “Killing Eve”, “Ozark”, “Pose”, “Succession” e “This is Us”.

Emilia Clarke, que viveu Daenerys Targaryen, conseguiu uma indicação ao Emmy de melhor atriz dramática. Ela disputa o troféu com fortes concorrentes, como Viola Davis (“How To Get Away With Murder”) e a dupla Sandra Oh e Jodie Comer (“Killing Eve”).

Kit Harington, o Jon Snow, também foi indicado ao prêmio de melhor ator dramático. O elenco da série tem presença massiva nas categorias de coadjuvantes.

Entre as série com maior número de indicações, aparecem: a comédia “The Marvelous Mrs. Maisel”, que aparece em 20 categorias; e a minissérie “Chernobyl”, sucesso de crítica deste ano, com 19 indicações.

Confira a lista de indicados:

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA

“Game of Thrones”

“Bodyguard”

“Better Call Saul”

“Ozark”

“Killing Eve”

“Pose”

“Succession”

“This is Us”

 

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA

Emilia Clark, de “Game of Thrones”

Viola Davis, de “How To Get Away With Murder”

Sandra Oh, de “Killing Eve”

Jodie Comer, de “Killing Eve”

Laura Linney, de “Ozark”

Robin Wright, de “House of Cards”

Mandy Moore, de “This is Us”

 

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA

Kit Harington, de “Game of Thrones”

Jason Bateman, de “Ozark”

Sterling K. Brown, de “This is Us”

Bod Odenkirk, de “Better Call Saul”

Billy Porter, de “Pose”

Milo Ventimiglia, de “This is Us”

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

Lena Headey, de “Game of Thrones”

Fiona Shaw, de “Killing Eve”

Sophie Turner, de “Game of Thrones”

Gwendoline Christie, de “Game of Thrones”

Maisie Williams, de “Game of Thrones”

Julia Garner, de “Osark”

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

Peter Dinklage, de “Game of Thrones”

Giancarlo Esposito, de “Better Call Saul”

Jonathan Banks, de “Better Call Saul”

Nikolaj Coster-Waldau, de “Game of Thrones”

Michael Kelly, de “House of Cards”

Chris Sulliavn, de “This is Us”

Alfie Allen, de “Game of Thrones”

 

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA

“Barry”

“Fleabag”

“The Good Place”

“The Marvelous Mrs. Maisel”

“Boneca Russa”

“Veep”

“Schitt’s Creek”

 

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA

Rachel Brosnahan, de “The Marvelous Mrs. Maisel”

Julia Louis-Dreyfus, de “Veep”

Natasha Lyonne, de “Russian Doll”

Phoebe Waller-Bridge, de “Fleabag”

Catherine Ohara, de “Schitt’s Creek”

Christina Applegate, de “Dead To Me”

 

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA

Michael Douglas, de “The Kominsky Method”

Bill Hader, de “Barry”

Anthony Anderson, de “Black-ish”

Don Cheadle, de “Black monday”

Ted Danson, de “The Good Place”

Eugene Levy, de “Schitt’s Creek”

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA

Alex Borstein, de “The Marvelous Mrs. Maisel”

Anna Chlumsky, de “Veep”

Marin Hinkle, de “The Marvelous Mrs. Maisel”

Sarah Goldberg, de “Barry”

Kate McKinnon, de “Saturday Night Live”

Betty Gilpin, de “GLOW”

Olivia Colman, de “Fleabag”

Sian Clifford, de “Fleabag”

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA

Tony Shalhoub, de “The Marvelous Mrs. Maisel”

Alan Arkin, de “The Kominsky Method”

Henry Winkler, de “Barry”

Tony Hale, de “Veep”

Stephen Root, de “Barry”

Anthony Carrigan, de “Barry”

 

MELHOR MINISSÉRIE

“Chernobyl”

“Sharp Objects”

“Olhos que Condenam”

“Escape at Dannemora”

“Fosse/Verdon”

 

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU FILME PARA TV

Amy Adams, de “Sharp Objects”

Patricia Arquette, de “Escape at Dannemora”

Aunjanue Ellis, de “Olhos que Condenam”

Niecy Nash, de “Olhos que Condenam”

Michelle Williams, de “Fosse/Verdon”

Joey King, de “The Act”

 

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU FILME PARA TV

Mahershala Ali, de “True Detective”

Benicio del Toro, de “Escape at Dannemora”

Hugh Grant, de “A Very English Scandal”

Jared Harris, de “Chernobyl”

Jharrel Jerome, de “Olhos que Condenam”

Sam Rockwell, de “Fosse/Verdon”

 

MELHOR FILME PARA TV

“Brexit”

“Black Mirror – Bandersnatch”

“Rei Lear”

“Deadwood”

“My Dinner with Hervé”