Hora de dar adeus: Oito séries que vão terminar em 2019 e duas que já acabaram

Divulgação

Erick Rodrigues

Janeiro praticamente já acabou, a maioria das séries já voltou das tradicionais pausas de fim de ano e, por isso, é hora de encarar a realidade e se despedir de produções que tiveram o fim anunciado para 2019. Apenas no primeiro mês, duas atrações já lançaram as últimas temporadas e, com isso, fecharam o ciclo de exibição, deixando os fãs órfãos e na expectativa pelo vício em uma nova história.

Entre as produções que vão terminar em 2019, algumas são séries campeãs de audiência e vencedoras dos principais prêmios do gênero, como é o caso da fantasia “Game of Thrones”, do drama político “Homeland” e da comédia “The Big Bang Theory”.

Sendo assim, só resta aos fãs ir contando os episódios até o final definitivo. Se bem que, no universo das séries, algumas despedidas não duram para sempre.

SÉRIES QUE VÃO TERMINAR EM 2019…

Divulgação

– Game of Thrones

Uma das séries de maior sucesso de público e crítica nos últimos anos, “Game of Thrones” vai encerrar a trajetória na televisão na oitava temporada. O adeus da disputa pelo trono de ferro de Westeros vai ser feito em seis episódios, que, segundo o diretor-geral do canal HBO, Richard Plepler, vão funcionar como seis filmes de encerramento da trama. Em um teaser que foca em Jon Snow (Kit Harington), Sansa (Sophie Turner) e Arya (Maisie Williams), foi confirmada a data de estreia do último ano da atração: 14 de abril. Para que os fãs não fiquem tão órfãos e o canal possa continuar faturando com o universo do autor George R. R. Martin, uma série derivada já está sendo produzida e deve ter a história ambientada antes dos acontecimentos de “Game of Thrones”.

Divulgação

– Gotham

Criada para mostrar a infância de Bruce Wayne e a origem de alguns dos principais vilões do universo do Batman, “Gotham” vai terminar na quinta temporada, que já começou a ser exibida nos Estados Unidos. Ao todo, vão ser 12 episódios para encerrar a trama do detetive James Gordon (Ben McKenzie) e do futuro Homem-Morcego (David Mazouz). Já tendo apresentado os principais vilões, como Coringa, Charada e Pinguim, o último ano ainda deve introduzir outros personagens, como Bane. No Brasil, “Gotham” é exibida pelo canal Warner Channel e está disponível na plataforma de streaming Netflix.

Divulgação

– Veep

A atriz Julia Louis-Dreyfus, premiada pelo papel da vice-presidente Selina Meyer, volta para a sétima e última temporada de “Veep”. A comédia da HBO estava previstas para terminar no ano passado, mas os planos tiveram que ser revistos depois que a protagonista foi diagnosticada com câncer de mama. Com o fim do tratamento da atriz, as filmagens puderam ser retomadas e os episódios de despedida foram confirmados para 2019, só faltando bater o martelo sobre a data oficial. A comédia política fez Julia Louis-Dreyfus atingir um recorde e se tornar a vencedora do maior número de Emmys pela mesma personagem, já que emplacou seis vitórias consecutivas na premiação.

Divulgação

– The Big Bang Theory

Uma das despedidas mais lamentadas do ano, com certeza, já é a de “The Big Bang Theory”, comédia que vai encerrar a trajetória na TV na décima segunda temporada. A história dos nerds mais populares do mundo do entretenimento, criados por Chuck Lorre e Bill Prady, promete acabar por cima e deve apresentar novidades no último ano, como um episódio especial sobre o RPG Dungeons & Dragons, que deve contar com várias participações, entre elas, a do ator William Shatner. O adeus a “The Big Bang Theory” está marcado para maio, quando vai ser exibido o último episódio, mas já dá pra ir matando a saudade com os episódios exibidos na Warner Channel e no Globoplay.

Divulgação

– Homeland

Com um histórico de altos e baixos, o drama que mistura política e espionagem também vai terminar em junho deste ano. “Homeland” teve uma primeira temporada festejada e premiada, mas foi perdendo o interesse do público por conta do desenvolvimento da trama. Depois de alguns escorregões, a série registrou resultados considerados satisfatórios na sétima temporada, o que fez alguns fãs voltarem a se empolgar para o ano de conclusão da história. O anúncio do fim de “Homeland” não foi uma surpresa para os espectadores, uma vez que a protagonista da trama, Claire Danes, já sinalizava, há algum tempo, que a produção estava se encaminhando para um desfecho.

Divulgação

– Mr. Robot

Colhendo os louros do sucesso do filme “Bohemian Rhapsody”, onde interpreta o cantor Freddie Mercury, o ator Rami Malek vai se despedir de Elliot Alderson, personagem central de “Mr. Robot”, série vencedora do Globo de Ouro de melhor drama da televisão, em 2016. A produção sobre o universo hacker vai exibir a quarta e última temporada ainda este ano, em data a ser confirmada. A trama de “Mr. Robot”, que começa com Alderson sendo recrutado para executar um plano ousado contra um conglomerado empresarial, é considerada um grande quebra-cabeça, daqueles capaz de fazer os fãs “explodirem a cabeça”. Para quem ainda não conhece e quer ver antes de acabar, a produção é exibida pelo canal Space e está disponível no Amazon Prime Video.

Divulgação

– Transparent

Assim como ocorreu com “House of Cards”, a comédia  dramática “Transparent” vai chegar ao fim depois de passar por um período de turbulência. No ano passado, o protagonista da série, Jeffrey Tambor, já premiado pelo personagem, foi demitido por acusações de assédio. Mesmo assim, Jill Soloway, a criadora da atração, decidiu dar um desfecho ao enredo, que deve ser exibido neste ano. Ainda não foram divulgados detalhes sobre como “Transparent” vai tratar a ausência de Maura (Tambor), um pai de família que decide viver como uma mulher. Já foi revelado que a série vai ter um episódio musical, que deve servir para encerrar a história.

Divulgação

– Jane The Virgin

Outra comédia de sucesso, que vai exibir os episódios finais em 2019, é “Jane The Virgin”, que deu o Globo de Ouro de melhor atriz do gênero para Gina Rodriguez. A trama da jovem virgem que engravida depois de ser inseminada artificialmente por engano vai terminar na quinta temporada mantendo uma audiência fiel de fãs, ainda que a série não esteja entre as que mais repercute por aqui. A produção já foi elogiada por colocar latinos como protagonistas da história, ao invés de restringi-los a personagens de apoio. No Brasil, “Jane The Virgin” é exibida pelo canal Lifetime e tem episódios disponíveis na Netflix.

… E DUAS SÉRIES QUE JÁ ACABARAM

Divulgação

–  Desventuras em Série

Nesse início de 2019, já deu tempo de duas produções darem adeus aos espectadores. Uma delas é “Desventuras em Série”, que chegou ao fim na terceira temporada. Baseada na série de livros infantis de Lemony Snicket, a trama terminou com repercussão bem menor do que no ano de estreia, que foi beneficiado pela expectativa dos fãs da obra literária e do filme, estrelado por Jim Carrey. Neil Patrick Harris incorporou bem o vilão Conde Olaf, mas a série da Netflix mostrou que não tinha fôlego suficiente para durar muito.

Divulgação

– Unbreakable Kimmy Schmidt

Criada pela comediante Tina Fey, a série “Unbreakable Kimmy Schmidt” é a outra produção que já teve os episódios finais disponibilizados na Netflix. A história da jovem aprisionada por anos em um bunker e que, depois, passa a viver uma nova vida em Nova York, já recebeu muito elogios, especialmente pelo toque dado pela criadora, que é reconhecida com uma boa autora de humor. Com o ponto final na comédia, Tina Fey admitiu que há possibilidade de “Unbreakable Kimmy Schmidt” se transformar em um filme, com uma história diferente e sem muitas referências aos eventos da série. Apesar da intenção, o projeto ainda não é concreto.