Por José Simões

A montagem comemora o centenário da escritora Tatiana Belinky. A autora infanto-juvenil escreveu ao longo da carreira mais de 200 livros, entre eles Coral dos Bichos, O Grande Rabanete, O Livro das Tatianices e Transplante de Menina. Também foi responsável (com o marido Julio de Gouveia) pela primeira adaptação de Monteiro Lobato para televisão.

A peça conta a história de um tempo que os bichos falavam. A onça quer uma casa para morar. O bode, também. O bode encontra na floresta um terreno e o limpa. Sem saber da situação a onça aproveita o terreno limpo e traz a madeira. O bode, por sua vez, encontra a madeira e monta a estrutura da casa, porém, ambos não sabiam que estavam compartilhando o mesmo espaço e materiais. Quando descobrem são obrigados a enfrentar a situação. E a partir daí são muitos os quiproquós.

Tem que assistir para saber o final.

Serviço

Espetáculo: A Onça e o Bode
Texto: Tatiana Belinky
Direção: Julio Carrara
Elenco: Douglas Anhaya e Mika Rodrigs
Temporada: 21 e 28 de julho (domingos)
Local: Espaço Cultural Du-Arts
Endereço: Rua Antonio São Leandro, 76 – Jd. Maria Eugênia – Sorocaba
Horário: 19 horas. (O espetáculo começa pontualmente. Não será permitida a entrada após o início da sessão.)
Ingressos: R$ 10,00 (adulto) e R$ 5,00 (crianças e adolescentes até 15 anos)
Categoria: Infanto juvenil
Duração: 40 minutos
Recomendação: Livre
Informações: 11943372368 (WhatsApp)

Vá ao teatro. Compartilhe. Divulgue o teatro da região.

Jose Simões é professor, encenador e pesquisador na área da Educação, do Espaço Teatral e Teatro-Educação.