MACS lança Mostra “Olhar Sensível” com foco em inclusão para deficientes físicos

Máquina de escrever Braile. Imagem por Giovanna Garcia Guerreiro. Nascida cega, Giovanna encontra nesse objeto um aliado aos seus estudos e a possibilidade de conhecer e se comunicar com o mundo

O MACS (Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba) abre ao público, no próximo sábado (3), a exposição “Olhar Sensível”, ação piloto, com foco artístico e de inclusão para deficientes visuais. O projeto consiste em um workshop para deficientes visuais e uma exposição no MACS – Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba e na Faculdade de Engenharia de Sorocaba (FACENS) com o resultado desse workshop.

Por meio de uma ação inédita até então para Sorocaba, o projeto executou um workshop de fotografia no MACS, como parte do projeto educativo de inclusão.

Através do apoio da ASAC – Associação Sorocabana de Atividades para
Deficientes Visuais, o museu recebeu treze pessoas, com diferentes graus de deficiência visual que passaram por um processo de sensibilização fotográfica de conteúdo teórico e prático, produzindo fotos de diversos tipos: objetos, retratos e paisagens. O grupo teve a orientação de Teco Barbero, jornalista e fotógrafo com baixa visão e a coordenação de todo o processo da artista visual Silvana Sarti.

Carrinho de brinquedo. Imagem por Jean Carlos da Silva Lima, que perdeu totalmente a visão com sete anos de idade. Uma das suas melhores lembranças é o carrinho vermelho, pequena amostra de sua coleção de 70 exemplares.

Entre outras atividades os inscritos fizeram registros fotográficos de objetos com os quais têm alguma ligação afetiva. O resultado dessa ação está neste catálogo, onde apresentamos uma fotografia de cada participante.

Além da impressão comum em papel museológico as mesmas passaram por
tratamento e foram impressas tridimensionalmente pelo FabLab da Facens, e impressas em papel especial térmico, que apresenta relevo possível de toque pelo SENAI Itu. As imagens foram produzidas com câmeras doadas pela empresa We Print – Fine Art.

A exposição é conduzida com medição especial feita por um deficiente visual e um mediador cultural treinados para orientar os mais diversos públicos através da vivencia de uma exposição tátil em três técnicas de impressão.

Pulseirinha de maternidade e pinça de umbigo da filha. Imagem produzida por Carla Cristina Luna da Silva, cujo sonho antes de perder a visão era ser fotógrafa.

O foco do projeto foi além da exposição. Os esforços foram concentrados na construção de uma experiência tátil para pessoas com deficiência visual, fazendo com que se incluam como peça integrante das ações do museu. Ao mesmo tempo as pessoas que não possuem essa deficiência poderão se sentir imersas nesse mesmo mundo de descobrimento.

O projeto Olhar Sensível é um Projeto Premiado na VIII Edição do Prêmio
Ibero-americano de Educação e Museus do Programa Ibermuseus e conta com
o apoio da Facens, SENAI Itu, We Print e ASAC.

Olhar Sensível

Fotografias, pranchas táteis, áudio descrição e textos em Braille
Abertura dia 3 de março às 10 horas
No MACS- Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba
Avenida Dr. Afonso Vergueiro, 280, ao lado da Estação Ferroviária
Exposição: De 3 de março à 28 de abril de 2018
Funcionamento
Terças a sextas das 10h às 17h
Sábados das 20h às 15h
Informações: (15) 3233-1692